Marketing

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing

Marketing

08 jul 2020
Seja o primeiro em comentar

Como adaptar sua estratégia de marketing para a nova normalidade

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Em maior ou menor grau, a crise causada pela pandemia de coronavírus mudou a maneira e os hábitos de compra dos consumidores, agora mais digitais do que nunca. E se o público evolui, as empresas devem andar junto. Portanto, neste artigo, explicamos as chaves para adaptar uma estratégia de marketing ao novo normal. Tome nota e continue lendo!

Para começar, o primeiro passo que devemos tomar como funcionários de uma empresa para adaptar uma estratégia de marketing à nova normalidade é uma profunda reflexão sobre para que serve nossa empresa. Pense, além de ganhar dinheiro, qual é a sua função?

Durante a crise, as empresas que apenas serviram para ganhar dinheiro ficaram sem nada para contar. Em tempos difíceis, os clientes desaparecem. Portanto, se você no nível da empresa não tiver um discurso que possa contar a seus clientes ou uma narrativa que agrade a eles, você ficará sozinho.

Segundo, faça a si mesmo a seguinte pergunta: os canais de vendas que você possuía são suficientes? Provavelmente, o relacionamento que você estava tendo com seus clientes não era o correto. Portanto, define um novo discurso e canais. Esse mix de canais que vamos redefinir para agregar valor de uma maneira diferente.

Existem muitas empresas de vários setores, especialmente em viagens, uma das que mais sofreu nesta crise, que sabem como enfrentá-la positivamente. Dentro dessas empresas, não está afetando igual, apesar de vender produtos e ter uma estratégia semelhante. A diferença não está na tecnologia ou no CRM, mas em que alguns tinham um discurso e outros não tinham nada a dizer.

O mundo não termina com o COVID-19

Após essa crise, seu usuário e consumidor continuarão precisando do seu produto ou serviço. De fato, quando voltar, será mais digital do que nunca. Você tem que semear hoje para colecionar no futuro. Portanto, é essencial adaptar sua estratégia de marketing ao novo normal.

Claro, não podemos esquecer o curto prazo. É hora de dizer algo aos seus usuários. Procure em seu banco de dados e em suas comunidades de mídia social e diga a seus clientes por que eles podem confiar em você e que você ficará ao lado deles quando isso acontecer. Os usuários devem ser cuidados.

A curto prazo, você pode executar algumas das seguintes ações para gerar branding e melhorar a imagem de sua marca:

1# Audite seu website

O primeiro passo para adaptar uma estratégia de marketing ao novo normal é auditar seu website. Durante essa crise, muitas empresas perceberam que seus sites não estavam prontas. Audite a estrutura, o SEO técnico e a estratégia do seu site para deixar de ser uma mera vitrine para uma verdadeira ferramenta de negócios.

Fazer uma auditoria técnica de um site informa quando você está no momento para enfrentar o futuro. Qualquer ação que você tomar não fará sentido se tecnicamente seu site não funcionar.

2# Redes Sociais

As redes sociais, se não forem paid, não vendem. Mas a parte orgânica serve para transmitir segurança ao cliente. Você pode fazer isso se tiver uma conversa com ele. Caso contrário, comece a forjar esse relacionamento.

Para quem já está fazendo isso, depois que o discurso for encontrado, comece a falar com sua própria voz. Transmita confiança e explique quais as medidas que você tomou em relação à pandemia.

Para quem não sabe, é hora de começar a criar e pensar que o usuário não é apenas uma transação.

3# Social ADS

Se você possui um produto necessário na casa do consumidor, invista em Social ADS. Se você vende produtos ou serviços ou se você deseja reforçar a imagem da sua marca, é hora de anunciar nas redes sociais.

Atualmente, há menos concorrência, embora, dependendo do setor, os CPCs e CPAs sejam mais baratos. A queda nos gastos com publicidade torna tudo isso mais acessível.

No caso de ter um banco de dados trabalhado e cuidado, é melhor não investir tanto em anúncios sociais, pois você já terá públicos segmentados.

4# AdWords

O mesmo acontece no Adwords. No Google Ads, você precisa conhecer um pouco das novas oportunidades de nicho que estão sendo geradas. Faça uma pesquisa de palavraschave do seu produto ou da que você tem em mente para ver o que está funcionando nesse nicho.

No caso de ser o primeiro, se você fizer uma boa campanha do Google AdWords, os CPAs e CPCs provavelmente serão muito mais baratos. Não há apenas uma oportunidade para custos, mas também oportunidades para mudar os hábitos de pesquisa do consumidor.

5# Banco de Dados

Um dos pontos principais dessa pandemia é, sem dúvida, o banco de dados. Essa foi uma das maiores lições dessa crise: o cliente deve ser cuidado.

O banco de dados nos ajuda a não perder o contato com o cliente e a transmitir, como nas redes sociais, segurança, confiança e agregar valor. Se você não tiver, precisa. Você precisa conhecer seus usuários.

Se as mensagens de marca nunca o incomodaram, agora é a hora de adaptar sua estratégia de marketing ao novo normal. Os consumidores distinguem entre quem tem algo a dizer e quem não tem. Então prepare seus usuários e encontre fórmulas de ativação e automatize processos.

Defina uma nova estratégia de marketing

Quando essa crise passar, o produto que você vende, se ainda não estiver, será processado novamente. As pessoas nunca param de pesquisar na Internet. Claro, você deve estar o mais bem posicionado possível. Visualize onde você quer estar em seis meses e defina sua estratégia lá. As pessoas vão viajar novamente e comprar novamente como antes. Para adaptar sua estratégia de marketing à nova normalidade, siga estas etapas:

Plano de marketing

  1. Definir metas de negócios: aumentar os registros de tráfego de oportunidades? Aumentar registros de tráfego direto? Aumentar registros nas redes sociais?
  2. Definir metas do site: páginas de destino otimizadas? CTA? Formas visíveis? Dirigindo para o registro?
  3. Definir KPIs: Registros por mês de tráfego orgânico? Registros por mês de tráfego direto? Registros por mês nas redes sociais?

Estratégia de convergência de mídia

Sabemos qual é a nossa atual estratégia de convergência de mídia? Sabemos qual é o nosso objetivo pela estratégia de funil? Qual é o nosso KPI de conversão? Reordene seus KPIs por canais e você saberá como cada canal e cada estágio do seu funil de conversão está funcionando para você.

De todos os resultados, é necessário ser claro sobre o mix de mídia que pode ser melhor e uma análise que o suporte.

Potencialize o SEO

Estratégia de SEO é a chave. Você sabe o que acontece quando você para de investir em sua estratégia de SEO?

  • O usuário pesquisará novamente após a crise. Ganhe terreno.
  • A concorrência não parou de investir e está ultrapassando você.
  • Você perderá oportunidades de negócios ao não analisar as tendências de pesquisa.

Defina a jornada do cliente

Finalmente, temos que colocar o consumidor no centro da estratégia, mas quando tentamos fazê-lo, é bastante complicado. O cliente geralmente está em um alvo em que todos querem atingi-lo. Não podemos impactar todos os clientes da mesma maneira.

O que você achou deste artigo sobre a adaptação de uma estratégia de marketing ao novo normal? Deixe-nos seus comentários e compartilhe!

MBA em Marketing Digital

Torne-se o especialista em Marketing Digital que o mercado procura

Tenho interesse!

Compartilhe e comente este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG