Marketing Digital

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing Digital

Marketing Digital

09 out 2017
9 comentarios

O que é um plano de Marketing Digital e como fazer?

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (ainda sem avaliações)
Loading...

Um plano de Marketing Digital consiste em um documento que inclui todos os objetivos e o planejamento das estratégias e ações de Marketing com as justificativas de tais estratégias e como conseguir atingir os objetivos definidos. Para isso, primeiro devemos definir o que queremos alcançar, a quem queremos dirigir a comunicação e como as ações serão realizadas.

Artigos relacionados:

Pontos que devem ser considerados ao desenvolver um plano de marketing online

Plano de marketing

O primeiro contato com o cliente

Antes de iniciar um plano de marketing digital, é vital iniciar um primeiro contato com o cliente para detalhar e especificar quais são os objetivos. Neste primeiro contato, devemos tentar obter a máxima informação possível do cliente para que seja muito clara toda a estratégia quando se trata do plano de marketing. Todas as informações são bem-vindas para evitar equívocos por falta de informação, conceitos confusos ou análises desnecessárias no momento de realizar e apresentar o plano de marketing digital.

Análise da situação

Antes de tudo, devemos ser muito claros sobre o que é a marca, o que faz, por que a faz, a justificativa e a razão de ser, a USP (única proposição de venda). Em suma, quanto mais detalhista melhor.

O primeiro conceito a incluir em um plano de marketing digital deve ser o estudo da situação atual. É por isso que vamos estudar o meio ambiente, realizando uma análise, tanto interna como externa, no setor em que operamos e em que o produto ou serviço em questão é enquadrado, sempre tornando claros fatores demográficos, econômicos, tecnológicos, políticos ou socioculturais, o que são de vital importância. Do mesmo modo, analisaremos a competição direta para podermos melhorar e aproveitar qualquer oportunidade apresentada.

Presença online

Ao mesmo tempo, e muito importante, antes de fazer um plano de marketing e preciso saber qual é sua presença online, saber quais as plataformas on-line têm efeito ou não, e saber o histórico da marca quanto a presença online.

Neste ponto, deve ser dada especial atenção à pesquisa para ter em mente quais ferramentas usadas para manter sua presença online, bem como as estratégias e táticas que você seguiu no passado. Esta informação é fundamental para poder seguir uma linha de comunicação que não incompatível com o histórico da marca até o momento.

Para finalizar a análise da situação, devemos fazer um grande esforço para saber em detalhes quais são os objetivos a serem seguidos através do plano de marketing digital e o orçamento que temos para sua execução.

É nesta primeira seção que é importante enfatizar a importância da definição de objetivos, conhecer em detalhes o público-alvo e a realização da análise SWOT, o que pode ajudar a lidar com a estratégia a seguir, aproveitando as oportunidades e detectando as fraquezas que precisam ser melhorados.

Pesquisa on-line

Uma vez que sabemos o que o cliente quer, a informação da marca e temos claro como é nosso público-alvo, é necessário começar a realizar a pesquisa detalhada da presença on-line da marca e da concorrência. Para isso, é altamente recomendável usar ferramentas gratuitas e pagas para detectar o estado da marca e das empresas concorrentes.

Ferramentas como SEMrush, Sistrix, Moz, aHrefs ou as próprias redes sociais podem ajudar muito a identificar o estado da presença on-line, oferecendo dados que facilitam muito a investigação, já que nos evita de fazer muitas coisas manualmente.

Dados analíticos, como visitas diárias e mensais, tráfego direto, orgânico e pago, taxa de rebote, páginas indexadas, número de backlinks, número de fãs e seguidores, nível de engajamento, etc. são algumas das métricas que temos que levar em consideração ao analisar a marca e, fundamentalmente, a concorrência.

Definição dos objetivos

Uma vez que tenhamos toda a pesquisa realizada e conhecemos a situação a partir da qual começamos, é hora de começar a projetar o plano de marketing digital. Para fazer isso, temos que ser muito claros quanto aos objetivos de negócios e os objetivos de marketing, sendo esses últimos os que têm que atuar como a raiz dos objetivos de negócios.

a) Objetivos do negócio

Os objetivos de negócios são puramente econômicos, mensuráveis ​​no curto prazo. Aqueles que, como o nome indica, são sinônimo da viabilidade do negócio, considerando se ão satisfatórios ou não. Um exemplo claro de um objetivo comercial é aumentar o volume de negócios em relação ao ano anterior, ou melhorar a participação no mercado, o que significa crescer em contraste com a concorrência.

b) Objetivos de marketing

Os objetivos de marketing são aqueles que tornam os objetivos comerciais alcançáveis. Esses objetivos podem incluir, por exemplo, aumentar o tráfego para a Web através de SEO ou SEM, ou obter leads (e-mails ou números de contato) entre outros.

Um detalhe chave na definição dos objetivos é seguir os padrões básicos para a consecução dos objetivos, os critérios SMART (Específicos, mensuráveis, alcançáveis, realistas e temporariamente delimitados).

  • (S) Específico: é preciso buscar concreção, para identificar o que se deseja realmente alcançar.
  • (M) Mensurável: é fundamental que os objetivos possam ser quantificados ou qualificados de alguma forma, para comparar o resultado.
  • (A) Alcançável: levando em consideração o trabalho de todos os componentes envolvidos no projeto, é necessário avaliar se os objetivos são viáveis ​​e se existe a possibilidade de alcançá-los.
  • (R) Realista: quando se trata de definir os objetivos, há que manter seus pés no chão e não especular muito com os objetivos, caso contrário os resultados não poderão ser avaliados mais tarde.
  • (T) Limitado temporariamente: você deve marcar os tempos de execução muito bem para ter um controle inicial e final do projeto.

Para o controle e monitoramento dos objetivos, é aconselhável projetar um Dashboard ou quatro semanas, o que facilitará um controle diário, semanal, mensal ou anual, a fim de acompanhar e verificar o progresso.

Definir estratégia e tática

Uma vez que temos os objetivos estabelecidos, é hora de definir quais estratégias e táticas para alcançá-los.

A estratégia é um conjunto de ações aplicadas que tem como finalidade desenvolver os objetivos estabelecidos. Um exemplo de uma estratégia é desenvolver uma campanha de Marketing de entrada ou Linkbuilding.

As táticas, são possivelmente as que mais dão mais trabalho, e têm a ver com a forma e o método de realização das tarefas. São tarefas ou funções mais específicas, por exemplo, realizar 2 post diários em um Blog.
Um exemplo mais claro de estratégia e tática é o seguinte:

  • Estratégia: Fazer uma marca conhecida.
  • Tática: criar anúncios na mídia on-line principal, realizar um evento, crie uma campanha no Google Adwords.
  • Proposta final ao cliente

Uma vez que temos o Plano de Marketing Digital, passamos para a proposta final que será entregue ao cliente para sua posterior ou não aprovação. Para isso, é importante ter muita criatividade para que toda a informação coletada possa ser mostrada da melhor maneira, de modo que o cliente esteja convencido do que está sendo proposto.

A preparação e apresentação do orçamento é uma das ações mais decisivas na elaboração do plano de marketing digital. No orçamento, é essencial que todos os detalhes sejam explicados, discriminados e justificando cada ação que será realizada. O cliente precisa saber o que é atribuído ao seu orçamento em todos os momentos, então não se esqueça de listar todas as estratégias e táticas.

Execução do plano de marketing

Neste ponto, considerando que o plano foi aprovado pelo cliente, o cenário on-line deve ser preparado para as tática e estratégias serem desenvolvidas.

As tarefas nesta fase já estão orientadas para a execução das ações marcadas no plano de marketing, tudo deve está preparado para não deixar nada nas mãos da improvisação e assim podermos executar tudo sem esperar que algo mude.

As ações mais genéricas que podem ser destacadas neste ponto são as seguintes:

  • Definir o tom da comunicação.
  • Configurar e crie todos os perfis e plataformas onde você tenha presença ou que deseje ter.
  • Definir as palavras-chave.
  • Preparar um relatório modelo Dashboard.
  • Criar um calendário de ações a serem realizadas.

Uma vez que já preparamos o terreno, é hora de agir! Você deve executar tudo marcado no plano de marketing digital. Para isso, é altamente recomendável seguir o calendário e que todos os departamentos afetados trabalhem na mesma direção.

Se você chegou até aqui e já possui seu plano de marketing digital pronto, te parabenizamos e te encorajamos a fazer parte da nossa Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media, com a qual complementará sua formação na área de marketing digital. Estamos esperando por você!

Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media

Aprenda a planejar e administrar estratégias nas redes sociais para desenvolver a sua empresa

Quero saber mais!

Compartilhe e comente este post!

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG