Criação de empresas

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Criação de empresas

Criação de empresas

15 dez 2020
2 comentarios

Empreendedor, empresário e intraempreendedor, qual a diferença?

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Quando se trata de entrar totalmente em um setor, é essencial estudar as palavras mais comuns para ser o mais preciso possível. Alguns até criam seus próprios dicionários para entender o jargão de uma indústria. Com o passar dos anos, o vocabulário empreendedor também mudou. Neste artigo, explicamos as diferenças entre empreendedor, empresário e intraempreendedor. Continue lendo!

Pode lhe interessar: MBA em Empreendedorismo Digital

Diferenças entre empreendedor, empresário e intraempreendedor

As diferenças entre empreendedor, empresário e intraempreendedor são uma dúvida geral e os termos são freqüentemente confundidos. Portanto, e para esclarecer os atributos que caracterizam cada grupo, vamos defini-los individualmente.

O que é um empreendedor?

Poderíamos resumir o termo empreendedor como uma pessoa que abre um negócio. Ele é um sonhador. Um indivíduo com uma ideia e sonhos que, em condições de incerteza e assumindo grandes riscos, inicia o seu próprio projeto.

O empreendedor é a pessoa que descobre uma oportunidade de negócio. Quem provê os fundos de investimento e investe todo o capital necessário para criar a empresa. Além disso, por outro lado, ele é o principal tomador de decisões. Decide quanto, onde e como o produto ou serviço será produzido e vendido. Além disso, em que mercado e de que forma.

O empreendedor se diferencia pela capacidade de inovação. Isso não precisa envolver a criação de um negócio do zero. Simplesmente pode começar a gerenciar uma ideia existente de forma diferente.

Em suma, é a pessoa que assume resolutamente ações inovadoras ou empresas, que vive em risco permanente, que busca parceiros e não funcionários, que não tem horários e cujo projeto envolve um compromisso moral e uma obrigação para consigo e com o que fazem.

Características do empreendedor. Como pensam os grandes empreendedores?

Embora cada empreendedor é um mundo, os empreendedores de sucesso geralmente seguem um padrão. Para atingir os objetivos desejados, devem seguir as seguintes características:

LIDERANÇA

Habilidades de liderança são essenciais. Mas não apenas nos bons momentos. Principalmente naquelas de maior descontrole e desordem, quando as coisas não saem como o esperado, o empreendedor deve saber tomar decisões e orientar sua equipe com eficácia.

RESPONSABILIDADE

Como responsabilidade entendemos uma pessoa sensata e séria. Ou seja, aquele que abre e fecha o escritório. A dedicação não pode ser uma opção e nem o compromisso. A responsabilidade deve estar evidente, sobretudo, ao assumir riscos e tomar decisões importantes.

CRIATIVIDADE

A criatividade, assim como o espírito inovador e disruptivo é o que levará o empreendedor ao sucesso. Essa capacidade de sair da caixa, criar novos conceitos e alcançar o público de novas maneiras é muito importante para o sucesso.

PAIXÃO

Uma das grandes características de um empreendedor é a paixão pelo que faz e pelo seu projeto. Você deve viver o processo e cada etapa do projeto ao máximo, pois vai depender do seu esforço e comprometimento o sucesso ou o fracasso.

VISÃO

A visão é tida como certa. Um empreendedor não terá sucesso se não tiver um faro que lhe permita antecipar o mercado. Além disso, também deve estar atento para encontrar novas oportunidades onde ninguém mais as vê.

ASSERTIVO

Por último, um empresário não pode ter sucesso sem autoconfiança, bem como uma atitude positiva. Ambos os conceitos serão fundamentais para transferi-lo para os demais. Ser assertivo também permitirá que você se mantenha à frente da curva e se concentre em seus objetivos.

O que é um empresário?

Depois de sabermos o que o termo empreendedor implica, vamos definir as características comuns de um empresário. Um empresário é o titular, proprietário ou diretor de uma indústria, negócio ou empresa.

Ele é um gerente e um chefe que tem o risco que está disposto a correr muito bem calculado. Seu objetivo é desenvolver um negócio economicamente viável. Isso esbarra na principal motivação de um empresário, por exemplo, que costuma ser realizar seu projeto deixando uma marca.

O empresário costuma se adaptar a qualquer setor caso detecte uma oportunidade de negócio. Em vez disso, o empreendedor é criativo e se concentra no desenvolvimento de suas próprias ideias e pessoais.

Para o empresário perder dinheiro é uma grande preocupação, tem agenda muito clara, horário de trabalho e vê o mundo como uma oportunidade. Seu sucesso geralmente está ligado à lucratividade de uma empresa e ao emprego que ela criou.

Tipos de empresários

Agora que sabemos as diferenças entre empreendedor e empresário, nos aprofundaremos mais nos tipos de empresários que existem. Podemos dividi-los em três tipos:

  • Empresário individual: trabalha por conta própria e concentra o poder. Embora para certas ações ele às vezes trabalhe diretamente com alguns funcionários, em geral ele não costuma ter ninguém ou muito poucos no comando. Geralmente pertence a uma pequena empresa.
  • Empresário membro: Se encarrega de fornecer apoio financeiro e administrativo e consultoria. É menos autônomo e costuma ser visto em empresas com muitos acionistas.
  • Sócio-chave: é quem assume um papel ativo em uma equipe em relação aos demais parceiros. São aqueles que contribuem com capital.

O que é um intraempreendedor?

Finalmente, e para esclarecer as diferenças entre empreendedor, empresário e intraempreendedor, vamos definir o papel menos conhecido dos três: o intraempreendedor. Existem dois tipos de interempreendedores.

Por um lado, encontramos a figura do intraempreendedor como trabalhador que desenvolve um novo ramo de negócios ou uma inovação dentro de uma empresa. Ele faz isso adquirindo responsabilidade e liderando um projeto. E claro, mantendo um salário.

Esses profissionais costumam estar muito envolvidos com a empresa. Eles adoram procurar oportunidades e sentem-se à vontade para assumir responsabilidades e ser líderes.

Por outro lado, existe a figura do interempreendedor como aqueles perfis autônomos que realizam um projeto inovador dentro de uma empresa e por ela são protegidos. Aproveitam todo o know-how da entidade e utilizam seus recursos, de forma que o intraempreendedor costuma ter a maior parte de seus custos cobertos.

Este grupo de profissionais é cada vez mais procurado pelas empresas. Eles são caracterizados por terem um caráter perseverante e criativo e são apaixonados pelo que fazem. Para poder realizar seu trabalho com tranquilidade, seu relacionamento com as organizações é pautado pela confiança, independência e flexibilidade.

Vantagens do intraempreendedorismo

Dentre as vantagens que o intraempreendedorismo pode trazer para as organizações, destacam-se:

  • Possibilidade de lançamento de novas linhas de negócios
  • Competição saudável pelos mesmos recursos
  • Reavaliação do trabalho do funcionário
  • Contemplar todas as ideias dá lugar à inovação
  • A possibilidade de desenvolver novos projetos mantém a equipe motivada
  • Ambiente adequado para estabelecer processos transversais de trabalho que facilitem a comunicação multidirecional
  • Dá uma boa imagem, denota que a empresa investe nos seus colaboradores. Isso vai atrair talentos e melhorar a percepção de nossos clientes

Características comuns: as chaves para o sucesso e visão de negócios

Agora que sabemos as diferenças entre empreendedor, empresário e intraempreendedor, vamos ver quais são as chaves para o sucesso. O sucesso empresarial sempre esteve intimamente associado aos benefícios econômicos de seu negócio. Embora seja verdade que é uma escala confiável a se levar em conta ao medir o prestígio de uma organização, não é tudo. A busca pelo lucro não é a única forma de aspirar ao sucesso empresarial. Na verdade, esse conceito inclui também questões como a essência do negócio e a atitude de seus gestores diante de diferentes desafios.

Sem dúvida, independente de ser empresário, empresário ou intraempreendedor, para ter sucesso você deve ter paixão pelo que faz, trabalhar muito e buscar a excelência. Por outro lado, também é importante saber focar no produto, focando o olhar nos nichos de consumo que nos interessam, conhecendo bem o mercado em que queremos entrar ou estamos, tendo a capacidade de inovar e mostrar perseverança.

Já esclareceu as suas dúvidas sobre as diferenças entre empreendedor, empresário e intraempreendedor? Comente e compartilhe!

E se você tem alma de empreendedor, mas não sabe como lançar seu próprio projeto, faça o MBA em Empreendedorismo Digital. É um programa exclusivo desenvolvido para ajudar aqueles que desejam iniciar ou estão em processo. Esperamos você!

MBA em Empreendedorismo Digital

Um programa desenvolvido para ajudar aqueles que desejam empreender ou estão em processo

Tenho interesse!

Compartilhe e comente este post!

2 thoughts on “Empreendedor, empresário e intraempreendedor, qual a diferença?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG