Criação de empresas

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Criação de empresas

Criação de empresas

06 abr 2020
1 comentarios

As 15 melhores dicas para criar um logo para startups

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

De acordo com Milton Glaser, as pessoas podem responder ao design de qualquer coisa usando uma das seguintes palavras: sim, não e UOWW! 

Como você pensou, sempre é bom receber um uoww. Porém, muitas coisas são necessárias para alcançá-lo em relação a sua marca. Uma destas coisas, é o logo. E o design do logo parece algo intimidador.

Um logo ajudará o seu público-alvo a identificar a sua empresa ou marca. Ele fará com que a sua marca seja distinta e servirá como base para todas as suas estratégias de marca. Ele deve criar uma impressão duradoura à medida que as pessoas descobrirem a sua marca.

A seguir estão os 15 principais pontos para se considerar ao criar um logo para startups.

#1 Estabeleça a personalidade da sua empresa e os objetivos de identidade da marca

A primeira coisa é descobrir por que você faz o que faz, seu objetivo básico. Estabeleça a sua missão, visão e objetivo da empresa para guiá-lo. Isso ajudará você na criação de um logo que esteja alinhado aos seus objetivos. Portanto, é crucial primeiro definir estas coisas antes de começar a criar um logo para a sua startup. Você também precisará determinar a personalidade da sua marca. Tenha bem definido qual será o tom do seu negócio. Da mesma forma, isso ajudará a definir um tom para as suas estratégias de branding de longo prazo.

#2 Não deixe que o design do logo seja sua única prioridade

O tempo e a energia gastos na gerência da sua startup determinam seu desempenho e sucesso. É possível que o design do logotipo não seja a tarefa mais essencial do momento. Existem certas tarefas com maior importância que devem ocorrer antes da criação do design do logo. Estas tarefas são a criação de uma proposta de negócio, a escolha de um nome excelente, a aquisição de investimentos, a definição do MVP e outras. Tenha cuidado com as suas prioridades.

#3 Encontre inspiração ao seu redor

Você pode estudar algumas empresas em todo o mundo para ver a variedade de designs de logo que existem. Você também pode pesquisar na internet para encontrar uma referência de design que prenda a sua atenção. Não há necessidade de ignorar um design, mesmo que ele não pareça adequado para o seu negócio. Se o design for excelente, pense a respeito dele. Abra a sua mente, pois você poderá se inspirar em qualquer lugar a qualquer momento.

#4 Confira o que os concorrentes estão fazendo

A concorrência pode ser uma fonte de inspiração. Você pode obter excelentes ideias sobre as coisas que funcionam em aquelas que não funcionam, com base em provas e envolvimento dos clientes. No entanto, descubra a base dessas ideias. Você deverá criar o seu próprio logo aprendendo com os erros dos outros. Portanto, evite copiar as ideias literalmente, seja diferente. Você deve criar um design de logo exclusivo.

#5 Deixe um designer gráfico profissional criar o logotipo

Apesar da necessidade de um orçamento restritivo que uma startup possui, você não deve cortar o orçamento quando se trata do design do logo da sua empresa. O fato é que o seu logo falará pela sua empresa. Evite pessoas que apenas conheça as ferramentas ou que façam o design sozinhas depois de ver apenas alguns tutoriais da web. Existem designers gráficos freelancers experientes no UpWork ou LinkedIn que você pode contratar. Examine o estilo de design que eles possuem verificando seus portfólio. Você também pode usar serviços de design gráfico baseados na web. 

#6 Forneça muita informação ao Designer do logo

É necessário pensar profundamente no design do seu logotipo, pois é importante. Contrate um designer gráfico profissional ou designer de logo e tenha uma boa e longa discussão. Anote todas as ideias, crie um mood board com as ideias de design que podem servir como referência ou trazer novas ideias ao designer. Isso serve para fornecer ao designer uma visão profunda das suas necessidades e exigências. Esse designer será capaz de criar um design exclusivo para auxiliar em suas estratégias de branding e marketing.

#7 Deixe seu público-alvo determinar o estilo do seu logo

Não é necessário que todos gostem do mesmo design. No entanto, considere o que o seu público-alvo prefere. Para profissionais, crie um logo apropriado e elegante. Para crianças e adolescentes, faça com que ele seja divertido, radiante e muito mais. Seu design se tornará memorável.

#8 Evite clichês e coisas genéricas

Pode parecer fácil e seguro continuar com o básico que todo mundo faz, mas não é o ideal. Isso ocorre porque muitas empresas fazem isso. Portanto, não você não terá um logo que se destaque. Evite clichês que farão com que você se misture com a multidão em vez de se destacar dela. Se você precisar muito usar um clichê, veja se ele realmente está de acordo com o seu propósito.

#9 Foco na adaptabilidade e escalabilidade no design do logotipo

Você usará o logo da sua empresa em várias superfícies, grandes e pequenas. Ele deverá ser aplicado em seu cartão de visita, adesivos promocionais e cartazes ou até outdoors. Portanto, o design precisa ficar ótimo em todas as superfícies para todos os tamanhos. Da mesma forma, no seu site, ele deve ficar ótimo, não pixelado. Veja se será possível ampliar ou modificar o design, se necessário.

#10 Torne o seu logo reconhecido e memorável

O processo de criação de um design de logo leva tempo e é bastante exigente. No entanto, o principal resultado esperado é que o seu logo seja fácil de lembrar e eficiente. O seu público-alvo deve ser capaz de identificar facilmente o seu negócio. Da mesma forma, é essencial que o seu logo seja memorável, de modo a deixar uma impressão na mente do seu público. Ser memorável forma a base da confiabilidade.

#11 Crie um design simples e distinto

Garanta que o design do seu logo seja simples para que as pessoas possam compreendê-lo e lembrá-lo. Mesmo com as suas descobertas sobre o que funciona visualmente, você deve ter autocontrole na hora de unir e utilizar em seu design todos os recursos que você aprendeu. Vá com um ou no máximo dois elementos para maior clareza e apresente-os de maneira organizada.

#12 Cuidado com o tamanho da fonte e da letra

Ao contrário da crença geral de que um logo precisa ter uma imagem ou um gráfico, um bom logotipo pode ser criado sem qualquer imagem ou ícone. Os logos do Google, Yahoo e Nestlé são exemplos típicos, pois são famosos e são baseados apenas em texto. Portanto, pense sobre as fontes e escolha as apropriadas. Existem diferentes estilos de fonte, alguns que vão para um lado mais informal e outros que parecem mais profissionais. Após a consideração da fonte, decida o tamanho da letra. A escolha de uma fonte pode parecer algo simples, no entanto, ela tem o poder de influenciar o design de um logotipo.

#13 As cores importam

Os elementos gráficos usam as cores para falar. Cores e tons dão sentido a uma imagem. Certas cores são atraentes e chamam a atenção mais rapidamente do que outras. Seu trabalho de marketing está bem encaminhado se você tomar cuidado com a escolha da cor. Cores apropriadas podem estabelecer o tom da sua empresa. No entanto, muitas startups adicionam, por engano, várias cores para atratividade, fazendo com que o logotipo fique muito confuso. Escolha as 3 cores principais para o seu design.

#14 Certifique-se de que o design do logotipo seja relevante

Um logo sempre representará o seu negócio, portanto, é crucial a sua relevância. Seu logotipo deve ser relevante para se destacar. Verifique se os ícones e elementos visuais incluídos ajudam na conexão do seu público com o setor, produto ou serviço. Isso fortalece todo o esforço da marca, mesmo quando você tenta ajudar os espectadores a interpretar melhor o logotipo.

#15 Mantenha o equilíbrio

O equilíbrio deve ser alcançado à medida que você se esforça para criar um logotipo eficaz. O tamanho do logo deve ser proporcional e trazer harmonia ao seu efeito visual. Uma maneira de reconhecer um logo que não é equilibrado é a sua aparência, com peso ou aglomeração em um lado do design. Um design equilibrado parece simples, mas poderoso. Crie simetria no design para obter um equilíbrio geral e garantir que o logo fique bem quando aplicado a qualquer tipo de fundo.

Conclusão

Um logo tem a ver com a atração que as pessoas sentem para levar em consideração a sua marca. As dicas acima mencionadas são capazes de auxiliar no processo de design do logotipo. Não se esqueça que o processo é intimidador para agências, designers e empreendedores iniciantes. Seu logotipo refletirá a sua dedicação e compromisso de construir um negócio do zero. Portanto, você precisará permitir que a imaginação facilite esse processo. Mostre criatividade e procure certas ideias únicas capazes de criar uma excelente personalidade de marca para o seu negócio. Quando você cria um logo bem pensando, ele o ajudará em sua jornada e trará a motivação necessária. Você poderá se conectar emocionalmente ao seu público usando o seu logo. E com as dicas acima, você será capaz de criar um design de logo criativo e eficaz.


Por Anatolii Riabyi. Trabalha no marketing do logaster.com.br tem interesse em tecnologias e ensaios sobre educação. Além disso, ele está sempre pronto para uma nova viagem.

MBA em Empreendedorismo Digital

Torne-se um empreendedor profissional com maiores chances de sucesso

Quero conhecer!

Compartilhe e comente este post!

One thought on “As 15 melhores dicas para criar um logo para startups”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG