Empreendedores

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Empreendedores

Empreendedores

20 mar 2019
1 comentarios

Negócios artesanais como uma boa oportunidade de sucesso

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Quantas vezes você já fez alguma coisa e alguém lhe disse que você poderia se dedicar a ela? Você gosta de fazer joias? Você sabe como consertar seu próprio computador? Você ama reformar móveis?

Tanto o artesanato como os produtos artesanais estão mais na moda do que nunca. Em um mundo em que o consumidor gosta de ter a exclusividade do produto, as empresas artesanais vencem a corrida e a demanda aumenta exponencialmente. Então, talvez seja hora de você transformar seu hobby em uma forma de negócio!

Empresas com produtos personalizados


Apesar de viver em plena industrialização e de haver produtos cada vez mais inimagináveis ​​ao alcance da sociedade, também é verdade que os consumidores buscam exclusividade.

Desde a revolução industrial, temos avançado para criar mais produtos em menos tempo e por um preço menor. Mas agora nós não procuramos mais sempre o preço acessível, queremos uma coisa única. Nós descemos a rua e vemos mais três pessoas no mesmo quarteirão usando nossas calças ou nossas camisas. Centenas de grandes empresas já perceberam isso e é por isso que começaram a lançar produtos personalizados 

  • A Nike oferece um serviço de tênis personalizáveis por meio do seu site, no qual você pode criar seus tênis peça por peça. 

negócio de artesanato

  • A Sköda lançou um carro que você poderia personalizar e obter até 2112 combinações diferentes. 

No entanto… isso é suficiente? Não, ainda é uma produção em massa e as mudanças são sutis e praticamente intangíveis. Na sociedade atual, regida pela produção com máquinas, a única exclusividade é aquela fabricada artesanalmente. E é assim que os negócios artesanais  mais uma vez fazem parte de um mercado em crescimento.

Converta o hobby em negócios


No Brasil, o mercado movimenta R$ 50 bilhões por ano e sustenta 10 milhões de pessoas. Em Portugal, o artesanato é uma arte multifacetada e rica. E o que esses artesãos estão fazendo? Um pouco de tudo:

  • Confecção de malhas ou costura: moda e acessórios têm precedência neste mercado. Muitos designers criam suas próprias coleções manualmente e as vendem pela rede. O Instagram e o Facebook se tornaram uma ótima vitrine para esses comerciantes. De um modo mais humilde, eles tentam entrar no mercado com um ponto a seu favor desde o começo; que cada peça será única.

negócio de artesanato

  • Sabonetes artesanais: fragrâncias, cremes e cosméticos naturais também têm seu lugar no setor artesanal. A última tendência neste campo são os shampoos naturais. Tem havido muito debate sobre os produtos químicos contidos em shampoos e há muitas pessoas que acham que esses produtos prejudicam seus cabelos. É por isso que um mercado em expansão é um produto natural. Da mesma forma, a tendência vai crescer em outros produtos para a pele (menos agressivos), ou remédios caseiros para combater a acne ou envelhecimento, como óleos naturais. É muito comum criar lojas de produtos naturais para esses produtos em que todas as marcas artesanais ou orgânicas do mercado são agrupadas. 

negócio de artesanato

  • Reformando móveis e artigos de decoração: a remodelação de móveis ou itens de decoração faz com que cada casa pareça diferente. Há estilos para todos os gostos e está se tornando mais comum ver pessoas nas redes compartilhando seus trabalhos, que tem sido chamado de DIY, do termo inglês Do It Yourself (faça você mesmo). Os artesãos acabam sendo incentivados a vender suas criações e assim transformar sua paixão em um negócio. 

negócio de artesanato

  • Criando joias/joalheria: desde os acessórios criados com dois fios, até aos prateados e dourados, a imaginação coloca cada um e os materiais podem ser variados.  

negócio de artesanato

  • Montando dispositivos tecnológicos: mais e mais pessoas estão adquirindo conhecimento para montar seus próprios PCs como se fossem um quebra-cabeça. Elas adquirem as peças a preços muito acessíveis e o produto final se adapta às necessidades de cada um. Por exemplo: você tem um computador antigo e lento? Os interessados podem corrigir isso sem gastar uma fortuna, ou sem ter que comprar um novo. Você pode mudar o seu disco rígido em poucos passos e transformar seu computador velho quem um quase novo e muito mais rápido.

Vendendo o hobby


Graças à moda do bricolage, mais e mais pessoas preferem participar do processo de criação de um produto. Outro negócio artesanal que está triunfando é vender os materiais para que os próprios consumidores façam o artesanato. Um exemplo claro é o We Are Knitters, uma empresa que vende apenas lã, embora a chave para seu sucesso seja a maneira de vendê-lo: como uma filosofia, a de “faça você mesmo”.

Os consumidores compram kits com tudo que você precisa para fazer uma camisola, um casaco, uma manta… A verdade é que o público adora porque eles têm vendido milhares de kits em 4 anos de história.

Alberto Bravo, um dos seus fundadores afirmou em eleconomista.es:

“Em um mundo marcado pelo impessoal, velocidade e tecnologia, fazer algo com suas próprias mãos nos permitiu ser capazes de desconectar do stress diário e podermos estar orgulhosos com o resultado final .”


O grande boom da cerveja artesanal


Surpreendentemente, entre os diferentes negócios artesanais em expansão, o caso mais extraordinário é o das cervejas. Em 2012, já se falava do grande aumento de microempresas dedicadas a esse setor. Foi então que alguns amantes da bebida deixaram seus empregos para criar micro destilarias. O produto resultante, em vez de um refrigerante, é considerado uma iguaria e vendido em restaurantes e boas cervejarias. 

De acordo com um artigo do El Mundo, entre 2008 e 2015, passou de 21 para 361 empresas de cerveja artesanal na Espanha. O que implica um crescimento de 1.600% do setor! E em anos de crise!


Onde vender


A Internet quebrou as barreiras geográficas, de modo que o artesanato pode ser vendido em todo o mundo. Muitas plataformas de comércio eletrônico foram criadas para facilitar os primeiros passos para esses empreendedores, alguns exemplos são:

  • DaWanda:  site alemão adaptado a vários países europeus. Ele permite que você crie sua própria loja na Web, que é gerenciada pelo usuário. Embora eles cobrem uma comissão de 5% por venda.

negócio de artesanato

  • Etsyempresa americana que vende em todo o mundo. O pioneiro em portais desse tipo e, portanto, o que o maior público conseguiu captar, com 25 milhões de usuários. No entanto, para publicar um produto, você deve pagar 20 centavos, mesmo que não seja vendido, além de 3,5% da venda.

negócio de artesanato

  • Artesanum:  fundada pelo Grupo Intercom, tem como objetivo doar os benefícios para projetos sociais para os países em desenvolvimento. Possui dois tipos de pagamento: o gratuito que permite apenas expor os produtos, e o profissional que tem uma comissão de 5% sobre as vendas que são geradas.

negócio de artesanato

  • Ezebee:  a única plataforma completamente grátis. Embora mais que uma plataforma seja uma vitrine que conecta o vendedor com o comprador.

negócio de artesanato  

Siga a programação de eventos em sites da sua cidade para se manter atualizado com os mercados nos quais você pode participar. Pense também nas feiras fixas de artesanato da sua cidade.

Artigos relacionados:

E você, pelo o quê você é apaixonado? As empresas artesanais são uma boa maneira de aproveitar sua criatividade e lazer. Como você viu, graças à Internet, está se tornando mais fácil iniciar um negócio com custos menores. Aprenda a trabalhar com boas estratégias de marketing nas redes com o MBA em Empreendedorismo Digital da IEBS!

MBA em Empreendedorismo Digital

Domine os conhecimentos, técnicas e ferramentas para empreender nos meios digitais

Tenho interesse!

Compartilhe e comente este post!

One thought on “Negócios artesanais como uma boa oportunidade de sucesso”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG