Marketing

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing

Marketing

02 jan 2019
2 comentarios

Tendências de Marketing Digital 2019

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (ainda sem avaliações)
Loading...

O Marketing Digital é uma seção muito ampla que está em constante renovação, pois é necessário estar ciente de todas as tendências e idéias originais que surgem. Por esse motivo, quando se fala sobre tendências de marketing digital, é importante levar em consideração esses detalhes.

Artigos relacionados

É por isso que as empresas de hoje e de amanhã precisam se adaptar para gerar mais negócios. As empresas que mais inovam estão expostas tanto a riscos como a novas oportunidades que os deixam com uma vantagem competitiva. Aqui vai uma lista de Tendências de Marketing Digital 2019. Aproveite!

Tendências de Marketing Digital 2019

Como no final de cada ano, em todas as áreas do Marketing Digital, as previsões e tendências para o próximo ano são evidentes. Para que você não se surpreenda neste ano e tenha tudo pronto para se adaptar às mudanças incessantes que surgem no setor on-line, hoje trazemos as tendências de Marketing Digital de 2019 que os especialistas e professores de Marketing Digital apontam: Fernando Beneitez Jordi Rosell, Gemma Segura, Iván de León, Jesús Nieto, Sergio Castelo, Eva Rodríguez, Natxo F. Laguna e Jordi Pi.

Previsão das tendências de Marketing Digital para 2019 segundo especialistas

1 # Mais especialização e melhores recursos

Fernando Beneitez, Consultor de Marketing Online e E-business e Diretor da Pós-graduação em Marketing Digital, assegura que durante este ano o setor de marketing digital deu um grande passo, já que muitas empresas se concentraram na profissionalização de recursos, incluindo e treinando especialistas de cada área dentro de seus modelos.

E é graças a essas melhorias no conhecimento dentro das equipes, o desempenho das ações e a rentabilidade dos investimentos aumentaram dando lugar a esse novo cenário de maior maturidade.

É por isso que nosso especialista assegura que, neste ano, será o ano da otimização de recursos com o objetivo claro de recuperar a eficiência do investimento perdido nos últimos anos.

2 #Machine learning  e automatização

Se existe um ponto em comum entre todos os especialistas em tendências de marketing digital para este ano é o crescimento da automatização. Sergio Castelo afirma que mais e mais empresas se atrevem a automatizar suas mensagens no Facebook, deixando os bots programados para atender aos usuários e interagir quando é realmente necessário.

Isso é devido, explica Sergio, a exigência dos consumidores on-line, que são cada vez maiores e isso significa que também temos que adiantar muito mais do que antes as estratégia a seguir para se comunicar com os usuários e,por isso devemos melhorar nosso lead nuturing y lead scoring.

machine learning

Eva Rodríguez, também concorda que a automatização continuará a ser fundamental em 2019. Como se bem explica, você só precisa prestar atenção à quantidade de ferramentas e análises que podem ser obtidas ao monitorar campanhas. A existência dessas estratégias só faz sentido se houver profissionais de marketing que trabalhem com esses dados para adaptar a ação a cada consumidor de forma personalizada. E isso, como observa Eva, pode ser aplicado às campanhas de mail marketing , bem como a outros serviços ao cliente, onde os bots já desempenham um papel importante e permitem que muitas consultas sejam canalizadas.

Maior poder de decisão para a tecnologia

Fernando Beneitez, destaca um interesse especial no desenvolvimento da tecnologia que permite oferecer mensagens adequadas aos micro-segmentos, através da análise automatizada de comportamentos, será uma das linhas tecnológicas que terão melhor eficiência.

Como ele destaca: daremos maior poder de decisão à tecnologia e aos algoritmos, sendo os técnicos de marketing os projetistas da estratégia de aprendizagem, fornecendo informações sobre o valor dos fatores envolvidos.

Como Eva, Fernando também acredita que os otimizadores de investimentos são uma tendência ao nível tecnológico, as ferramentas de automatização para plataformas de publicidade nos permitirão remover o peso das horas de trabalho manual para focar na estratégia.

O forte desenvolvimento deste tipo de ferramentas durante 2016 e 2017 nos permitirá começar a usá-los de forma muito mais usual para otimizar investimentos menores, mas não menos importante para muitas empresas do setor. O valor dos técnicos de marketing começa a se concentrar na estratégia e na compreensão do mercado em vez da gestão diária dos recursos.

Por outra parte, Iván de León diz que: “A aplicação de inteligência artificial para a análise do comportamento do usuário é uma tendência clara para este ano. Por um lado, porque a capacidade de armazenamento e o processamento de dados aumentaram de forma considerável, enquanto os custos são cada vez mais baixos com as soluções nas nuvens, tudo isso nos permite processar uma maior quantidade de dados e de forma mais rápida e com menor custo se comparado ao ano passado. Por outro lado, os perfis especializados, como analistas e cientistas de dados, são cada vez mais exigidos pelas empresas para processar e dar sentido às grandes quantidades de dados disponíveis, além de fornecer suporte na tomada de decisões. Tudo isso faz com que a exploração dos dados nas empresas esteja tomando outro nível, começamos a ver a aplicação de métodos mais avançados, criação de modelos preditivos e inteligência artificial aplicada a dados com métodos como “machine learning” (onde os computadores aprendem a partir do comportamento dos usuários), entre outros, para detectar padrões de comportamento, encontrar pontos de melhoria, otimizar o orçamento de campanhas e aumentar as vendas.”

3 # Vídeo como formato favorito

Em conversa com Eva Rodríguez, descobrimos como os vídeos estarão em todas as partes:

O consumo de vídeo está aumentando, em computadores, celulares, tablets … A publicidade em vídeo já é a protagonista não apenas em plataformas nativas como o YouTube, mas também nas próprias redes sociais.

vídeo

O Facebook, por exemplo, permite que você crie anúncios com vídeo e até tenha sua própria plataforma de design de anúncios, “Canvas”, onde o vídeo é um elemento muito importante. O mesmo acontece com o Instagram, onde podemos ver anúncios de marcas dentro de suas próprias “stories”. Por esse motivo, integrar o vídeo deve ser uma tendência primária para este ano.

Por sua parte, Natxo F. Laugna ressalta que as chaves para os vídeos em 2019 são: “Imediatez, interação e personalização. O vídeo ao vivo continuará a crescer, o streaming já é uma opção válida disponível para qualquer um, o que traz o imediatismo direto, altamente valorizada pelo consumidor. Além disso, formatos inovadores como Realidade Virtual ou Realidade Aumentada aumentam o potencial das marcas interagirem com seus potenciais clientes, causando ações de alto impacto. Os vídeos de 360º, permitindo uma experiência de visualização em primeira pessoa, representam outra tendência como ferramenta que busca o engagement.

4 # A personalização chave em 2019

A personalização é um fato fundamental em todas as estratégias digitais, e no marketing digital não pode ser deixado para trás, nosso especialista Jordi Rosell explica a partir dos seguintes dados:

“Os departamentos de marketing estão assumindo cada vez mais os pontos de interação com o cliente. Eles coletam observações, recebem feedback e analisam dados. A tendência é usar cada vez mais essa informação para orientar o desenvolvimento de produtos e a inovação empresarial.”

A importância é ter essa autoridade ou accountability para realizar essas iniciativas. O novo marketing requer o máximo compromisso dos gerentes das empresas em realizar as otimizações derivadas de uma cultura centrada no cliente.

Se compararmos a Amazon e a Ebay, vemos que a Amazon cresceu muito mais. A equipe de marketing do eBay fez um bom trabalho, mas a realidade diz que poderia ter sido bem melhor.

Vamos aos fatos:

  • O eBay geralmente não altera a forma como procura produtos, a Amazon tenta coisas novas.
  • O eBay tem um design semelhante para todas as categorias, a Amazon altera os projetos de cada categoria de uma maneira específica e vai tentando melhorar.
  • eBay tem algumas críticas, a Amazon é líder em qualidade e quantidade de avaliações.
  • O eBay não alterou os processos de lealdade, a Amazon está experimentando novos processos.

“Em conclusão, as equipes de marketing não devem apenas realizar testes A/B para alterar os projetos do site, eles podem ser submetidos a mudanças estratégicas e de processo para mudar a percepção, a mentalidade e o comportamento de seus clientes “.

Sergio Castelo também concorda que a personalização será outro aspecto vital em 2019 e continuará a crescer. Porque há cada vez mais empresas que vêem a necessidade de personalizar seus negócios on-line para cada um dos usuários que o visitam.

Personalizar os conteúdos

Para falar sobre a personalização Eva Rodríguez, aposta que para deixar o conteúdo estático e personalizar através do customer journey, a chave para oferecer informações personalizadas de interesse para cada usuário é um “conteúdo inteligente “.

Como nos explica Eva: “o uso de um CRM combinado com campanhas publicitárias segmentadas nos permitirá elaborar um perfil detalhado de cada usuário, a fim de impactar apenas a publicidade que possa interessá-los. Nesse sentido, a automação também é fundamental, o que permite criar experiências únicas para cada cliente coincidindo com suas necessidades. Desta forma, podemos rastrear uma Journey específico de acordo com os gostos, características e comportamento de cada usuário”.

blog

Como Eva e Natxo F. Laguna ressalta, o conteúdo continuará sendo essencial para campanhas de marketing. A distribuição de conteúdo continuará a crescer, de modo que o conteúdo de qualidade será o diferencial para obter resultados.

Fernando Beneitez, também acredita que o conteúdo continua a ser uma tendência em 2019, uma vez que as estratégias de conteúdo serão mais efetivas já que a profissionalização de técnicos de marketing nesta área foi intensa durante os anos de 2016 e 2017.

Como Beneitez ressalta: “Ninguém duvida da eficácia dessas ações, mas com a especialização, os fatores-chave serão corretamente ajustados para alcançar campanhas completas e com bom desempenho.

Além disso, o maior conhecimento sobre o gerenciamento correto dos bancos de dados e do CRM, a automatização e a implementação da learning machine, permitirá uma gestão mais avançada e lucrativa do nosso portfólio de clientes do ponto de vista comercial.

Com o objetivo de alcançar segmentações de um único usuário com mensagens dinâmicas de acordo com seu comportamento, podemos espremer a rentabilidade do investimento que foi realizado nos últimos anos aproveitando ao máximo os bancos de dados “.

5 # Pesquisas continuam dando o que falar em 2019

Sergio Castelo aposta pelo processo de busca por voz, que continuam a crescer exponencialmente, e isso vai continua marcando como devemos escrever um post ou a descrição de um produto. Por quê? Como diz Sergio, as pesquisas são cada vez mais específicas e focadas na resolução de necessidades muito definidas. Se um usuário pesquisar no Google por “bolsas negrass”, os primeiros resultados são aqueles que retornam uma lista de bolsas negras. Parece óbvio, mas acontece em ocasiões muito raras. E os requisitos não ficam em “bolsas pretas”, mas a tendência (ao utilizar os assistentes virtuais de smartphones) será uma pesquisa como “comprar bolsa preta para festa para Madrid”. Diante desse cenário, ele nos aconselha que aqueles que sabem como se adaptar serão bem-sucedidos e em breve temos que: personalizar, personalizar e personalizar.

Eva Rodríguez, por outro lado, explica que existem micro-momentos e explica o que são. “Nós procuramos tudo na Internet, e mesmo aquelas pesquisas pequenas que fazemos de pequenas coisas como comprar comida, ou mesmo para grandes investimentos, como comprar um carro ou uma casa. Estamos continuamente fazendo pesquisas locais, algo que o Google chama de micro-momentos“.

Quando precisamos descobrir algo, cerca de 96% dos casos, procuramos a informação através do smartphone, segundo os dados de Think with Google. Daí a importância das empresas anteciparem estas consultas para estarem presentes, fornecendo as informações corretas no momento certo. Esse é o primeiro passo para criar um relacionamento mais duradouro com o usuário”.

O futuro do pequeno comércio

Finalmente, deixamos você com a reflexão de Jesús Nieto sobre o futuro das pequenas empresas devido ao crescimento do Marketing Digital:

Como professor de “Análise de Ações Offline ROPO”, com focado em marketing no setor retail, observo que não sei se com preocupação ou com entusiasmo os desafios que este setor terá que empreender no futuro imediato se não quiser ver, não apenas um declínio significativo no número de estabelecimentos comerciais, mas em muitos casos o próprio desaparecimento deste canal de distribuição.”

É verdade que, neste setor, devemos distinguir dois grupos importantes: por um lado, as lojas pertencentes às grandes franquias que abrangem os centros comerciais das cidades e, por outro lado, os pequenos estabelecimentos, principalmente empresas familiares localizadas nas ruas históricas dos municípios, bairros e cidades.

No primeiro caso, os grandes estabelecimentos implementam gradualmente as estratégias de marketing mais inovadoras e efetivas e as quais meus colegas certamente se referirão para esse mesmo trabalho. Por esta razão, gostaria de focar sobre o segundo grupo, sobre os pequenos comerciantes, aos quais se apresentam esses desafios vitais para a sobrevivência.

Muitos destes comerciantes, o máximo que chegaram foram à publicação de uma página web, uma incursão tímida no comércio eletrônico e situar o seu estabelecimento no Google Maps. Mas eles ainda podem e devem acessar outras ferramentas, assumíveis e que podem ajudá-las em seus negócios: trabalhar mais a geolocalização, priorizar o marketing mobile, intensificar as campanhas de marketing por e-mail, trabalhar as bases de dados para segmentar clientes e potenciais clientes, manter as redes sociais vivas, personalizar ofertas, automatizar ações de marketing, organizar eventos, melhorar a experiência do cliente, reduzir os tempos de resposta…

Todas essas ações que vimos aqui são de seis anos atrás é já parecem superadas, mas muitas empresas ainda não chegaram a fazer tais ações. Muitas empresa do setor retail que certamente precisarão implementar no próximo ano para continuar no mercado, precisaram mudar suas estratégias para que não desapareçam.”

É por tudo isso que as empresas procurarão profissionais capazes de gerenciar e trabalhar com essas estratégias aportando valor a empresa, como fazemos aqui na IEBS, dar valor aos nossos programas com formação de qualidade. Não perca o MBA em Marketing e Digital Business.

Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media

Aprenda a planejar e administrar estratégias nas redes sociais para desenvolver a sua empresa

Quero saber mais!

Compartilhe e comente este post!

2 thoughts on “Tendências de Marketing Digital 2019”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG