Digital Business

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Digital Business

Digital Business

02 nov 2021
Seja o primeiro em comentar

Guia de e-commerce para Black Friday 2021: o que você pode fazer?

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Em algumas semanas haverá dois eventos importantes para empreendedores que trabalham no comércio eletrônico: Black Friday e Cyber Monday. São duas grandes oportunidades para impulsionar o negócio, promovendo campanhas criativas e novas estratégias. Portanto, se você é um recém-chegado ao mundo das lojas online, deixamos este guia de comércio eletrônico para a Black Friday. Você quer saber como vender mais e aproveitar ao máximo este dia? Anotações!

Você também pode estar interessado em: MBA em Digital Business

Black Friday 2021 no e-commerce: quando é?

A Black Friday é celebrada na última sexta-feira de novembro. Ou seja, este 2021, na sexta-feira, 26 de novembro. É um evento anual em que oferece grandes descontos e que tem sua origem nos Estados Unidos. Tem sido celebrado por várias décadas, depois do famoso Dia de Ação de Graças. Com essa estratégia pretende-se colocar à venda todos os produtos que estão fora de época, antes da chegada da campanha de Natal.

É um grande impulso na economia das lojas e nos últimos anos tornou-se extremamente popular. Mais e mais pessoas estão aproveitando este dia para fazer suas compras de Natal. Podemos dizer, portanto, que a Black Friday inaugura a campanha de compras de Natal. As empresas costumam manter descontos durante todo o mês de novembro.

Embora a Black Friday também seja celebrada em lojas físicas tradicionais, a pandemia multiplicou as vendas online, por isso este dia se tornou um dia-chave, especialmente para o e-commerce.

Por outro lado, é a Cyber Monday, voltada para eletrônicos, um dia relevante em termos de compras e descontos. É comemorado apenas um dia e é sempre a segunda-feira seguinte à Black Friday. Ou seja, este 2021 será realizado no dia 29 de novembro.

Black Friday em números

Para se ter uma ideia do que nos espera este ano na Black Friday, podemos lembrar que no ano passado os pedidos online aumentaram 27% em relação ao ano anterior, de acordo com dados da Salesforce. Além disso, quase metade dos pedidos na Espanha, 47%, foram feitos através do celular, com um tempo médio gasto em páginas web de 5,5 minutos. Nesse sentido, o Facebook tornou-se a plataforma social mais utilizada, monopolizando 83% do tráfego social e 91% dos pedidos nessas plataformas, seguido pelo Instagram e Pinterest.

Por outro lado, de acordo com uma pesquisa da Cinco Días, os espanhóis apostam na Black Friday mais do que a média europeia. Vejamos alguns dados sobre comportamentos de compra:

  • 84% dos usuários com intenção de compra
  • 127 euros em gasto médio por pessoa
  • 23% do orçamento total dos espanhóis para o Natal
  • Empresas ganham 220% mais receita do que durante uma semana normal
  • 93% das empresas aplicam ofertas
  • Eles respondem por 5 – 10% das vendas totais do ano em 1,9% do tempo
  • Uma despesa de 1.600 milhões de euros só na Espanha
Guia de eCommerce para Black Friday 2021: o que você pode fazer? - imagem 21
Resultados da pesquisa Cinco Días

Por outro lado, consumidores de todo o mundo investiram 116,6 milhões de horas em suas compras pela internet.

Quanto aos descontos, o percentual médio foi o mesmo do ano anterior, de 26%. Deve-se notar que as notificações personalizadas de SMS dispararam 156%, as notificações push 142% e os e-mails em 13%.

A retirada na loja tornou-se uma opção muito popular. As lojas que ofereciam diferentes opções de coleta na loja aumentaram suas vendas online em 19%. Além disso, plataformas de negociação emergentes, como redes sociais, de mensagens e streaming, ganharam muito peso.

Guia de Comércio eletrônico para esta Black Friday 2021

Enquanto as previsões para o e-commerce desta Black Friday parecem brilhantes, as marcas digitais estão se preparando para o desconhecido. E é o que a Black Friday vem se transformando nas últimas semanas, ajudada por vendas online em gigantes como a Amazon. O objetivo será “esticar a economia” para tornar as compras mais seguras e convenientes.

Os varejistas online precisam estar preparados para escalar seu e-commerce

Embora as vendas online tenham disparado para muitos varejistas, alguns deles não estavam preparados para lidar com o aumento do tráfego e das vendas na pandemia.

A capacidade de escalar durante esses dias é crítica, não apenas na Black Friday ou na Cyber Monday. Para prosperar em um clima como o Covid-19 trouxe, os varejistas devem investir em tecnologias escaláveis que os ajudem a se preparar para os picos imprevisíveis nos negócios online.

Isso inclui a atualização para uma plataforma de comércio eletrônico flexível que está pronta para escalar com o rápido aumento do tráfego.

As lojas online que acabaram de desembarcar no mundo do comércio eletrônico devem considerar a importância da segurança cibernética. Malware, firewalls e certificados de segurança são fundamentais para proteger os dados dos clientes.

Preparação é tudo para o e-commerce na Black Friday

Também é importante que os varejistas conversem com seus entregadores sobre os embarques que ocorrem durante a Black Friday no sábado e domingo, algo que ajudará tanto eles, quanto o varejista e seus clientes.

Os varejistas precisarão começar a criar pacotes de produtos e deixá-los se espalhar antes do grande dia. Além disso, é aconselhável preparar os pacotes antes, já que são esperados dias intensos…

Melhore a interface e o desempenho do site

Há muito em jogo no seu e-commerce e o desempenho do site pode fazer você ganhar ou perder vendas. Se a velocidade de carga da página for lenta, é provável que desanime os clientes ou até mesmo faça com que eles saiam do site antes de ver os produtos.

Além de minimizar o tamanho dos arquivos e reduzir o código desnecessário do site, você também precisa ter certeza de que está usando widgets otimizados por velocidade para exibir conteúdo no produto e nas páginas originais.

Faça seus clientes se sentirem especiais

É aconselhável segmentar listas de clientes para poder endereça-los com base nos produtos já adquiridos.

Em vez de sempre oferecer um acordo no mesmo dia (como todos os outros), você pode ter alguns e-mails de pré-venda prontos para mostrar seus produtos e aumentar o tráfego com o objetivo de obtê-los em sua lista, mesmo que eles não comprem.

Você não deve ser enviar a clientes spam com ofertas de desconto. Só porque é barato não significa que as pessoas comprem, e você pode danificar a marca.

Melhore o posicionamento do seu site

Trabalhar no SEO e posicionamento do seu site é uma boa maneira de garantir que os produtos certos estejam sendo promovidos. Os compradores já estarão olhando para seus produtos favoritos na Internet e o farão usando palavras-chave. Se o seu negócio não aparecer nos primeiros resultados dos SERPs, poucas pessoas poderão ver seus produtos e, como resultado, suas vendas não serão como esperado.

Inicie campanhas efetivas em seu comércio eletrônico para Black Friday e Cyber Monday

Os usuários estão em busca de ofertas durante a Black Friday e a Cyber Monday, então você tem que ter certeza de que as ofertas mais atraentes sejam vistas assim que chegarem à sua loja online. Algumas técnicas eficazes para chamar a atenção dos usuários passam por colocar banners em toda a web e em suas redes sociais ou projetar anúncios com chamadas para ações que o convidam a continuar navegando.

Guia de eCommerce para Black Friday 2021: o que você pode fazer? - img001

Inclua um cronômetro antes do evento

Muitos e-commerce usam a técnica de colocar uma contagem regressiva para o lançamento iminente de um produto para atrair a atenção dos usuários. Isso consegue gerar expectativas e alguma ansiedade nos usuários que são pressionados a retornar ao nosso e-commerce na data em que o cronômetro chegar a zero. Aproveite essa urgência! Este é um evento por tempo limitado e é a desculpa perfeita para injetar alguma velocidade em sua campanha de e-mail marketing.

Guia de eCommerce para Black Friday 2021: o que você pode fazer? - imagem15

Construa confiança através de promoções confiáveis

Embora você tenha muitos seguidores que compram em sua loja online neste dia, você deve entendê-la como a oportunidade ideal para se tornar conhecida para um novo público. Esses usuários não conhecem sua marca, por isso é importante mostrar o domínio em seu site com categorias de valor ou reconhecimento concedidos. Isso ajuda os usuários a determinar se esse lugar é melhor do que outros para finalmente comprar seus produtos.

Faça a diferença com sua concorrência

Os vendedores têm inúmeros produtos para vender ao longo da temporada de Natal, de modo que o número de ofertas proliferam através da rede. Dada tanta oferta, a coisa mais sensata é procurar aqueles produtos que fazem a diferença com o resto. Por exemplo, frete grátis em qualquer lugar do mundo, descontos em todas as compras até o Natal, ofertas de produtos gratuitos se seus amigos comprarem na loja…

Personalize suas ofertas

Como você pode personalizar uma oferta em massa? Fácil: segmentar esse público em nichos de mercados. Esta técnica bem conhecida de otimização de vendas é fundamental na venda de seus produtos. Para evitar ter altas quantidades de estoque, você pode tentar promover e oferecer os produtos dependendo da idade, área geográfica ou gostos. Use a mesma segmentação que você faz com o e-mail marketing para alcançar muito mais pessoas.

Pense na sua estratégia de desconto

Alguns varejistas podem ficar presos em um ciclo de descontos do qual pode ser difícil escapar. Uma vez que os clientes percebem com que frequência alguns varejistas oferecem descontos, eles podem ficar relutantes em comprar o preço total. Por isso, é importante entender como funcionam os códigos promocionais e como torná-los eficazes.

Guia de eCommerce para Black Friday 2021: o que você pode fazer? - 5fc646b6c9644

Existem alternativas para grandes descontos e várias maneiras de oferecer aos clientes um bom negócio sem afetar diretamente suas margens de lucro. Os mais comuns são os seguintes:

  • Vouchers e vales presente: incentivos como doação de cartões de presente com compras podem ser uma alternativa útil aos descontos de preço. É uma tática inteligente, pois as pessoas ainda estão fazendo a compra inicial pelo preço habitual, mas o cupom lhes dá um incentivo para voltar e comprar mais tarde. Eis o que a Apple fez:
Guia de eCommerce para Black Friday 2021: o que você pode fazer? - imagem4
  • Use descontos para aumentar o valor do pedido: no caso de usar descontos, faça isso para convencer os clientes a gastar mais. Por exemplo, os produtos poderiam ser agrupados para que os compradores comprassem acessórios e produtos relacionados para economizar. Ao comprar uma câmera, tente fazê-los comprar um case e cartões de memória também.
  • Entregas gratuitas: os clientes estão cientes dos custos de envio e a entrega gratuita pode ser um fator decisivo para alguns.
  • Ganhe lealdade: para obter uma boa imagem na frente dos nossos clientes mais valiosos podemos oferecer-lhes um tratamento exclusivo, como, por exemplo, a possibilidade de acessar descontos antes de outras pessoas.
Guia de eCommerce para Black Friday 2021: o que você pode fazer? - bar de bugigangas
  • Seja seletivo com os produtos que você promove: os descontos em todo o site devem ser atrativos. No entanto, se você não ficar de olho nas margens do produto, talvez seja melhor selecionar apenas certas linhas de produtos.

Incentive a compartilhamento de suas promoções

Como em qualquer estratégia online, as redes sociais desempenham um papel importante nestemomento. Black Friday e Cyber Monday no e-commerce se tornam temas de debate e trending topic, com os quais a visibilidade de seus produtos aumenta. Convide todos os usuários interessados em seus produtos e serviços para compartilhá-los com sua rede de contatos e recomendá-los.

Verifique ofertas otimizadas para dispositivos móveis

Como em uma estratégia usual de comércio eletrônico, todas essas promoções e ofertas que você publica ao longo desses dias devem ser otimizadas para dispositivos móveis. Aplicar uma técnica multicanal eCommerce é a coisa mais inteligente para poder fechar nossa venda com maior sucesso.

Faça a análise digital na Black Friday

Em cinco dias mais pessoas passarão pelo nosso site do que em um mês inteiro. Portanto, você tem que estar muito atento a certos aspectos. A grande coisa sobre análise digital é que ela permite que você teste todos esses segmentos. Em sete dias teremos muitos dados que nos ajudarão a delinear o que será a campanha de Natal. É um campo enorme de experimentação onde aprenderemos rapidamente sobre os seguintes aspectos:

  • Otimização da taxa de conversão (CRO)
  • Experiência do Usuário (UX)
  • Estratégias de marketing
  • Campanhas
  • Segmentos

Tendo aplicado todas essas técnicas do guia de comércio eletrônico para Black Friday e Cyber Monday, é hora de esperar e contar os resultados.

Para todos vocês que têm um e-commerce, pedimos que deixe sua opinião sobre Black Friday e Cyber Monday, bem como compartilhar este guia com seus amigos.

O e-commerce não só utiliza ofertas em dias específicos do ano, mas também envolve a implementação de estratégias eficazes utilizando ferramentas de marketing e vendas, entre outras técnicas que você pode aprender com MBA em Digital Business. Estamos esperando por você!

MBA em Digital Business

Faça um completo treinamento e aprenda as melhores técnicas para evoluir um negócio digital!

Tenho interesse!

Compartilhe e comente este post!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG