Marketing Digital

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing Digital

Marketing Digital

17 mar 2020
Seja o primeiro em comentar

O que é Conversational Marketing e como está mudando a relação entre usuários e negócios

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Você já considerou o poder que uma conversa pode ter? Pelo menos no caso do marketing digital, isso é bastante considerável. À medida que adotamos novas tecnologias e o mundo digital se torna nosso mundo diário, valorizamos o tratamento pessoal e o lado humano das empresas. Nesse contexto, nasce um novo modelo de marketing digital. Abaixo, explicamos o que é Marketing de Conversa e como aplicá-lo em sua empresa .

Você também pode estar interessado: O que é um plano de Marketing Digital e como fazer?

Índice do Conteúdo:

 

O que é Conversational Marketing?

Como o nome indica, o Conversational Marketing ou Marketing de Conversação é um modelo focado nas conversas com os usuários. Conversas em tempo real que aceleram a passagem de seus leads pelo funil de conversão e agregam valor aos consumidores por meio de tratamento personalizado, em vez de solicitar que eles preencham um formulário e aguardem o contato.

Ao usar ferramentas como bate-papos ao vivo ou chatbots, seu departamento de marketing pode instigar conversas genuínas que resultam em relacionamentos mais próximos e reais com os usuários. Você pode automatizar o processo de qualificação de leads, fazendo as mesmas perguntas de qualificação que sua equipe de vendas faria. Assim, sua empresa pode crescer, economizando tempo e recursos.

Os benefícios do Conversational Marketing para sua empresa

O Marketing de conversação é uma maneira muito eficaz de criar experiências autênticas para seus usuários. Isso tem um triplo benefício: por um lado, você pode obter mais leads com menos esforço; além disso, esses leads serão de melhor qualidade e, com esse tratamento personalizado, serão mais propensos a converter; finalmente, você poderá obter clientes de fidelidade que se sentirão ouvidos e satisfeitos.

Este modelo oferece a oportunidade perfeita para desenvolver sua Brand Voice. Ao interagir com seus usuários, você pode testar suas estratégias de comunicação e obter um novo canal para destacar a personalidade da sua marca.

Como já mencionamos, esse tipo de interação ajuda a converter leads mais rapidamente. Isso também significa uma melhoria na experiência do usuário, o que leva a um aumento no envolvimento. Não há nada melhor do que ter uma comunidade de usuários leais e entusiasmados com a sua marca e tudo o que ela oferece.

As conversas com seus usuários permitem capturar muitas informações sobre eles. Assim, você pode aprender sobre as dores e preferências deles e ajustar suas estratégias às necessidades deles. Além disso, esse tipo de marketing se adapta muito bem ao uso móvel, que está se tornando cada vez mais relevante. Um exemplo disso é aplicativo da Domino’s, que permite fazer um pedido enviando um emoji de pizza por SMS. A partir daí, um chatbot faz perguntas ao usuário para obter as informações específicas do pedido.

As mensagens de texto e bate-papo funcionam porque são fáceis, rápidas, informais (mais de um email) e estão mais próximas de uma conversa cara a cara. Portanto, eles fazem as pessoas se sentirem mais próximas da empresa e podem entrar em contato com você para resolver dúvidas e problemas a qualquer momento.

Por fim, o Conversational Marketing também pode ser integrado à pesquisa por voz, uma tendência que também está aumentando, mas, neste caso, funciona muito bem porque nada se aproxima mais de uma conversa real do que quando se fala.

Você pode também estar interessado em: Tendências de marketing digital em 2020 para ter sucesso na Internet

Como implementar o Conversational Marketing

Reduzida ao mais simples, uma estratégia de Conversational Marketing consiste no seguinte:

  • Responda imediatamente;
  • Entenda o que o usuário precisa;
  • Recomende a melhor opção;
  • Repita: a escuta deve ser constante para que os usuários sempre se sintam atendidos.

Escolha os melhores lugares para usar bots e chats ao vivo com cuidado, onde eles se encaixam melhor na sua marca? Quais são as áreas mais populares da sua empresa?

Combine o Conversational Marketing com métodos de marketing tradicionais. Embora não sejam os mais novos, ainda são úteis. Onde um não chega, o outro chega.

Você pode implementar o Conversational Marketing em suas campanhas de email marketing para enviar informações personalizadas para segmentos específicos, como uma pesquisa em que você solicita que eles identifiquem suas preocupações ou prioridades para considerá-los. Essas informações ajudarão você em suas próximas campanhas de marketing.

As informações obtidas permitem que você faça um mapa detalhado de sua jornada do cliente e planeje adequadamente. Se você puder antecipar as necessidades de seus clientes, poderá atendê-los com mais eficiência.

Seja humano e converse com seus usuários de pessoa para pessoa. Essa é a chave para esse tipo de marketing. É sobre devolver a humanidade, então você não pode esquecê-la no caminho. Mesmo que seja um bot que fale com os usuários, verifique se eles recebem um tratamento próximo e personalizado. Além disso, lembre-se de que, embora parte do processo seja automatizada, deve haver um ser humano que interaja com o cliente em algum momento.

Pense na experiência do usuário. Crie um processo simples, fácil e rápido que atenda às suas expectativas. Quanto mais fluência, mais eficácia. A grande vantagem é que os próprios usuários dizem o que eles querem nas conversas, basta ouvir e agir.

Você também pode implementar o Conversational Marketing no atendimento ao cliente. E quanto mais você diversificar, melhor. Use o telefone, bate-papos ao vivo, contas de suporte ao cliente em redes sociais ou um bate-papo por aplicativo. Quanto mais fácil for entrar em contato com você, maior a probabilidade de os usuários fazerem isso.

Não se esqueça de experimentar. As coisas mudam e, por melhor que seja o seu sistema, ele não será beneficiado por ficar preso. Experimente coisas novas e adaptese ao que você considerar que funcione melhor.

Por fim, procure ferramentas de análise de dados que o ajudem a gerenciar as informações que você obtém nas conversas com os usuários. Isso também irá ajudá-lo a acelerar o processo.

Você está interessado em marketing digital? Se você está procurando ao formação certa para se tornar um profissional competitivo no setor, pode dar uma olhada na Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media da IEBS, onde aprenderá de maneira prática com as mãos de especialistas ativos no mundo digital. Não fique para trás!

Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media

Torne-se o profissional de destaque em um setor cada vez mais competitivo

Quero conhecer!

Compartilhe e comente este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG