Comércio e Vendas

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Comércio e Vendas

Comércio e Vendas

13 set 2019
Seja o primeiro em comentar

Brainstorming: saiba como aplicá-lo em sua loja virtual

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Com o passar dos anos, a técnica de brainstorming foi se aprimorando e transformando-se em um processo cada vez mais estruturado. 

Basicamente o brainstorming busca atingir sua melhor performance para solucionar problemas ou aprimorar projetos com criatividade. E para que isso aconteça, nada melhor do que unir pessoas interessadas em fazer a diferença, correto?

Neste artigo você vai aprender tudo sobre este processo para começar a utilizar agora mesmo em sua loja virtual.

O que é Brainstorming?

Brainstorming – ou tempestade de ideias – é um processo onde um grupo de pessoas se reúnem com intuito de contribuir com ideias que ajudem a solucionar determinados problemas ou favoreça a criação de um novo projeto, produto ou serviço.

Por meio desta técnica de desenvolvimento de pensamentos e novas ideias, cria-se um estímulo criativo que coopera diretamente com a solução de determinado problema que a empresa enfrenta. 

Basicamente, existem dois tipos de brainstorming: o estruturado e o não estruturado. O tipo estruturado, estipula uma ordem para que as coisas aconteçam, inclusive a exposição de ideias. Já o não estruturado funciona de forma mais espontânea, as pessoas expõem suas ideias conforme elas vão surgindo. 

Saber qual usar depende de diversos fatores, como a característica da sua equipe, o tipo de problema, o envolvimento das pessoas com este problema, o tempo que você dispõe, e muito mais! 

O importante é analisá-los com cuidado na hora de estruturar a reunião. 

Brainstorming: como fazer?

A partir de um objetivo pré-estabelecido, o brainstorming aplicado aos negócios pode ser uma excelente ferramenta para estimular a criatividade dos membros de uma equipe. 

E, assim, reunir uma “chuva de ideias” que possam ajudar a sua loja virtual a solucionar alguma dor que enfrenta. Desde projetos para promoções com o intuito de aumentar as vendas, estratégia para Black Friday, a melhorias na arquitetura do site e motores de busca. 

Com isso, os gerentes de e-commerce buscam canalizar e obter maior eficiência adotando o seguinte fluxo:

1. Definição do problema foco

É preciso isolar o foco do problema de forma objetiva e singular para que seja possível buscar soluções para tal. 

Esta etapa é fundamental para que a dinâmica do processo não se torne muito abrangente. Quanto mais específico for o tema da reunião, mais produtivas e mais criativas serão as ideias.

2. Reunião com a equipe

Tendo o foco do problema definido, é preciso reunir a equipe para propor novas soluções. Esta etapa funciona como uma dinâmica de grupo. Um dos pontos que contribuem para ter um melhor aproveitamento é obter um grupo heterogêneo que possa contribuir com visões diferentes. 

Além disso, é importante que todos estejam a par da situação e conheçam para quem estão resolvendo este problema. Por exemplo, para o departamento X, algum fornecedor ou até mesmo determinado cliente.

Essa etapa é primordial, porque é aqui que os seus colaboradores entenderão, de fato, que fazem parte do processo e que são igualmente responsáveis pelo sucesso da empresa. 

O sentimento de pertencimento é muito forte entre os seres humanos, tenha isso em mente. Fazer com que os seus colaboradores se sintam assim, pode motivá-los e aumentar muito a produtividade de cada um na reunião, e no dia a dia também. 

3. Geração das ideias

Após investigado, definido o problema e reunido a equipe, é preciso começar a dinâmica de grupo que favoreça a geração de ideias e a solução deste problema.

Todos devem contribuir sem nenhuma restrição. Nesse momento é preciso considerar todas as idéias e anotá-las para que futuramente possam ser discutidas.

Alguns fatores ajudam a estimular a criatividade da equipe e fazem com que todos participem, são eles:

  • Procure realizar em ambiente favorável, sem interrupções, ruídos, etc. O importante é criar um ambiente que fomente ideias.
  • Muitas empresas realizam fora da sala de reunião para se desprenderem deste típico ambiente formal.
  • As cadeiras devem estar dispostas de forma inclusiva, para que todos se sintam parte disso. O layout em um grande círculo costuma funcionar bem. 
  • Disponibilize post-its, papéis ou meios para que as pessoas tenham como se expressar além da fala. E, claro, para que possam organizar as ideias de forma prática. 

4. Implementação das ideias

Com a chuva de ideias que sua equipe forneceu, é o momento de avaliar a viabilidade e implementação.

Essa é a fase onde será considerado o debate das ideias, como elas podem ser implementadas e o seu tempo. Muitas das ideias não implementadas podem servir de inspiração para outras que possam ser aproveitadas futuramente. Por isso a importância de não desprezá-las e deixar tudo registrado.

Boas práticas

Dentro do processo de brainstorming algumas boas práticas são recomendadas para que possam tornar tudo isso mais proveitoso e criativo.

Não desprezar ideias

Em um processo de brainstorming todas as ideias são válidas até o momento de avaliação. Mesmo que determinado pensamento não se encaixe naquele momento, pode servir como insight para outros projetos. Além do mais, vetar uma idéia pode constranger e inibir a participação deste ou outro participante.

Evitar debates não-construtivos 

Neste momento de geração de ideias, procure controlar o ambiente para evitar debates que não são construtivos para esta fase. Isso faz com que não se perca o foco e que a reunião não extrapole o seu tempo determinado.

Estabelecer o tempo

Justamente para que não torne em uma reunião muita extensa e pouco produtiva, estabelecer um tempo determinado para ele é fundamental. Geralmente, estipula-se um período de 30 minutos a 1 hora, no máximo. 

A definição do foco do problema é primordial para que esse tempo seja aproveitado ao máximo. E a etapa de reunião com a equipe deve funcionar como uma dinâmica de grupo rápida, para que o processo como um todo não se torne massante. 

Saiba o que você ou o facilitador precisará fazer, como e em quanto tempo. 

Ter um facilitador

Procure alguém para intermediar este processo, alguém neutro que possa conduzir a reunião e realizar esses controles de tempo e debate. Isso aumentará a produtividade e eficiência no brainstorming.

Conclusão

Muitas empresas que buscam aumentar a produtividade no trabalho implementam a técnica de brainstorming. E geralmente, o dia a dia de seus colaboradores e reuniões são altamente criativas e objetivas. Os gestores sempre comentam que encontram as melhores soluções para ajudar os seus clientes da melhor forma. E no final, todos ficam muito satisfeitos. 

Seja na área de recursos humanos, comercial ou marketing, vale a pena testá-la no seu e-commerce também. 

Se você já participou de alguma reunião de brainstorming, conte para nós nos comentários como foi, se a estrutura foi a mesma recomendada ou se teve um formato diferente. Se você ficou com alguma dúvida sobre o assunto este campo também está aberto para perguntas, será um prazer te ajudar! 

E se você gostou deste artigo, compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas, como você, conheçam e saibam aplicar essa técnica bastante útil nas empresas. 

MBA em Empreendedorismo Digital

Desenvolva seu lado empreendedor para acelerar o crescimento das empresas.

Quero conhecer!

Compartilhe e comente este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG