Marketing Estratégico

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing Estratégico

Marketing Estratégico

12 mar 2019
Seja o primeiro em comentar

Como ser influencer, os tipos de influenciadores e quanto ganham

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Ser influente é uma profissão? Grande debate, certo? Os digital influencers, ou apenas influencers, já formam uma comunidade de mais de 20 milhões de pessoas em todo o mundo. Um número que não para de crescer, já que cada vez mais jovens querem se tornar o que seus ídolos se tornaram. Pessoas pouco conhecidas um dia e que depois de postarem um vídeo no Youtube ou imagem no Instagram, o número de seguidores não parou de crescer até que, graças a uma corrente de likes, foram levados à fama com o nome de Influencers.

Pessoas pouco conhecidas um dia e que depois de postarem um vídeo no Youtube ou imagem no Instagram, o número de seguidores não parou de crescer até que, graças a uma corrente de likes, foram levados à fama com o nome de Influencers.

Mas é um mundo em que há espaço para todos? Quem decide quem é influenciador e quem não é? Como começar? Por que meus vídeos não têm impacto, ao contrário de outros que fazem o mesmo?

Estar ligado nas tendências, conhecer pessoas e cair na popularidade, são alguns dos requisitos mínimos para ser aceito dentro da comunidade influencer. Em suma, a popularidade que cada um de nós tem no círculo em que nos movemos será a chave para nos tornarmos influencers e não morrermos na praia.

No entanto, não basta apenas postar um vídeo fazendo “besteiras” no Youtube ou postar uma foto “posada”, se queremos conseguir mais seguidores, fãs e tudo mais, é importante oferecer algo para os usuários. Por exemplo, a italiana Chiara Ferragni abriu um blog de moda em 2009 e hoje tem sua própria coleção de jóias e sapatos e, além de ter sido capa da Vogue e outras marcas, tem 16 milhões de seguidores só no Instagram. Outro caso é o de Dulceida (Aida Domenech) que em 2009 decidiu a criar um blog de uma forma amadora e hoje tem a sua própria marca e evento de moda e música, tem participado de programas de televisão e tem 2,3 milhões de seguidores.

Por exemplo, a italiana Chiara Ferragni abriu um blog de moda em 2009 e hoje tem sua própria coleção de jóias e sapatos e, além de ter sido capa da Vogue e outras marcas, tem 16 milhões de seguidores só no Instagram. Outro caso é o de Dulceida (Aida Domenech) que em 2009 decidiu a criar um blog de uma forma amadora e hoje tem a sua própria marca e evento de moda e música, tem participado de programas de televisão e possui 2,3 milhões de seguidores.

E então, você está pronto para se juntar à comunidade de influenciadores? Veja as dicas a seguir!

Tipos de Influencers

Atualmente, existem vários tipos de influenciadores, pois cada um tem seu estilo, uma temática diferente e diferentes formas de atingir um alvo específico. Aqui estão alguns dos tipos mais comuns de influenciadores.

O “Healthy”

Este tipo de influenciador é aquele que se dedica a promover um estilo de vida saudável. São responsáveis ​​por conscientizar a sociedade sobre a importância de uma dieta e exercício equilibrados.

O colaborativo

Os influenciadores colaboradores são aqueles que se juntam a outras pessoas influentes para trabalharem juntos, seja para fazer um anúncio, um vídeo ou um evento, e desta forma, aumentam o seu engajamento.

Aquele que tem estilo

Os influenciadores dedicados à moda se tornaram ícones graças à sua própria personalidade e estilo além das marcas.

O “gamer”

Videogames reúnem um público muito característico e fiel. Eles se dedicam a exibir seus vídeos mostrando novos jogos que surgiram no mercado ou ensinando truques e técnicas para conseguir passar pelas fases.

O cozinheiro

Já encontramos muitas pessoas influentes dedicadas ao setor gastronômico e através de vídeos e imagens dão a dica chave para fazer receitas fáceis e rápidas, sem perder muito tempo na cozinha, algo que às vezes não temos.

O “traveler” ou viajante

Estes são os influenciadores que transformaram viajar em uma profissão e contam suas histórias enquanto conhecem diferentes países. Graças aos seus conselhos e conhecimentos, eles dão as chaves para viajar a lugares incríveis.

As “supermamães”

Nos últimos tempos, tornou-se muito na moda mostrar ao mundo o que realmente significa ser mãe. Famílias grandes, período de gestação, conciliação entre trabalho e vida familiar… são alguns dos conselhos dados pelas mães influenciadoras.

Salário dos Influenciadores

Segundo várias fontes do setor, os salários dos influenciadores na Espanha estão distribuídos da seguinte forma:

No caso de colocar uma mensagem no Twitter ou Facebook, eles poderiam cobrar por isso de 80 a 100 euros por ter 10.000 fãs/impressões. 300 euros para 50.000 fãs e até 3.000 para meio milhão.

No caso do Instagram, os preços variam de 120 a 150 euros por foto para 10.000 fãs, 500 euros para 50.000 impressões e de 2.500 euros no caso de ter mais de meio milhão de seguidores.

Mas, sem dúvida, os mais bem pagos são os influenciadores que trabalham em plataformas como o YouTube. Cada vídeo é pago entre 150 e 300 euros por 10 mil seguidores e 10 mil euros por meio milhão de seguidores.

No Brasil, de acordo com especialistas ouvidos por uma pesquisa da Revista Época Negócios, grandes influenciadores ganham, em geral, entre R$ 50 mil e R$ 150 mil por campanha no YouTube. Esta pode incluir, além de uma menção em vídeo, posts nas redes sociais. Canais menores podem conseguir de R$ 1 mil a R$ 5 mil.

Conselhos para ser influencer

#1 É importante definir um objetivo

Antes de começar esta aventura, devemos ter algumas coisas claras, não é bom começar a publicar conteúdo como um louco, mas é importante ter uma estratégia definida a seguir. Ter claro quais são os nossos objetivos e para onde queremos ir é fundamental, mas também é importante saber qual é o nosso estilo, o que somos bons e o que queremos mostrar ao mundo.

Saber qual é o nosso ponto forte e o que defendemos, sem dúvida, ajudará a nos diferenciar do resto. Há milhões de pessoas que sabem cantar, que jogam videogames, que sempre se vestem da última moda… então, é importante descobrir o que nos diferencia delas. Lembre-se, sempre ver a mesma coisa pode parecer chato.

É importante ter um estilo e um tema definidos para que nossos usuários sejam identificados conosco e, assim, obter uma melhor interação nas publicações.

consejos para ser influencer

#2 Ser autêntico

A marca pessoal é essencial para se tornar influenciador. Como explicamos acima, há muitas pessoas no mundo que podem cantar, que são apaixonadas sobre moda ou estão bem informados sobre 100% com jogos de vídeo, e assim, muitos tópicos. É por isso que devemos evitar imitações a outros influenciadores, pois isso pode prejudicar nossa credibilidade e autenticidade.

Portanto, é muito importante ser você mesmo, ter seu próprio estilo e tentar obter o melhor potencial possível. Só assim conseguiremos nossos objetivos.

#3 Conteúdo com ótima qualidade

A qualidade do conteúdo desempenha um papel fundamental. Fazer publicações com imagens borradas, com pouca luz ou que não sejam agradáveis ​​aos olhos, será, sem dúvida, um dos principais impedimentos no que se refere à realização dos nossos objetivos. É essencial que o conteúdo seja claro, tenha boa composição e luz adequada. Na verdade, com smartphones, atualmente é muito fácil fazer boas fotos sem ser um profissional de fotografia.

como ser influencer_contenidoexcelente

Recomenda-se também que as publicações sejam acompanhadas por um texto. Isso deve ser curto, direto e com um gancho. E acima de tudo, muito, muito importante, sem erros ortográficos! Essas recomendações são válidas para todas as publicações em qualquer formato. Usar a geolocalização pode influenciar a visibilidade.

Usar as histórias do Instagram, ou Instagram Stories, pode ser uma boa maneira de atrair novos seguidores e manter os já existentes, contanto que sejam divertidos, originais e com um tom mais próximo. Quanto aos vídeos, estes não precisam ser gravados com uma câmera profissional , mas será necessário ter uma história original e ser engraçada.

#4 Ter seguidores de “qualidade”

O que são seguidores de qualidade? Existem inúmeras plataformas para obter seguidores, mas este sistema não é muito recomendável, pois eles acabam se tornando apenas um número em nossa conta e não contribuem com nada para nós.

Seguidores de qualidade são aqueles que interagem conosco e nos dão um grande engajamento. Não vale a pena abrir uma conta  no Instagram e publicar fotos, mas o importante é fazer curtidas, comentários e muito barulho continuem crescendo.

#5 Uso de hashtags e marcações

Usar Hashtags, desde que seja feito com moderação, é uma boa maneira de aumentar a visibilidade de nossas publicações, pois os conteúdos são organizados e podem ser facilmente encontrados. Mas não vale a pena colocar hashtags em qualquer palavra, pois isso dependerá do assunto sobre o qual estamos falando e será conveniente ver as hashtags mais populares.

O uso de marcações também é recomendado, pois fazem com que as fotos apareçam nas imagens da marca que marcamos. Dessa forma, seus seguidores nos veem na seção “fotos marcadas”.

Como dissemos, estas são apenas algumas dicas para saber por onde começar na carreira do Influenciador, mas dedicação e perseverança são, sem dúvida, a chave para o sucesso. E se você deseja dedicar-se a uma formação para tornar-se um especialista em Marketing Digital e Social Media, deve conhecer nossa Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media.

Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media

Aprenda os fundamentos do Marketing Digital e as técnicas mais inovadoras e eficientes para aproveitar ao máximo as oportunidades que a internet oferece.

Quero saber mais!

Compartilhe e comente este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG