Mobile Business

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Mobile Business

Mobile Business

26 nov 2019
Seja o primeiro em comentar

Tendências em dispositivos móveis, ASO e aplicativos para 2020

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

É fato inquestionável a consagração do celular como o primeiro dispositivo em todo o mundo, por isso não podemos deixar de ver quais são os destaques e as tendências mais relevantes em um setor que apenas tornou conhecida uma parte muito pequena do que ainda está por vir. No artigo a seguir, falamos sobre as tendências em dispositivos móveis, ASO e aplicativos que terão sucesso em 2020. Vamos em frente!

Índice do conteúdo:

Dados deixados pelo setor Mobile

Vamos para a América Latina. Lá, de acordo com os dados mais recentes fornecidos pela associação de operadoras de telefonia móvel da GSMA, os usuários se conectam à Internet a partir de seus celulares entre 30 e 40 horas por semana. Fato notável, pois envolve mais do que o dobro do tempo gasto na mídia convencional.

Os dados mais recentes fornecidos em todo o mundo falam de mais de 9 bilhões de conexões por meio de dispositivos móveis e Internet, um aumento de 6,20% em relação ao ano passado. À medida que nos aproximamos de 2020, deve-se notar que o 5G desempenhará um papel importante nas empresas digitalizadas e nos celulares privados. Um dos desafios que o mundo dos negócios terá que enfrentar será a mudança cultural em direção ao pensamento ágil e a adoção de objetivos que ssejam interpretados e permaneçam apenas na forma de números como os KPIs.

Como dissemos antes, o telefone móvel, de acordo com a comScore em seu estudo Mobile Globe Report, se tornou há dois anos o primeiro dispositivo em todo o mundo. Atualmente, o celular já atinge dois terços da população mundial e já é usado por mais de 5,2 bilhões de pessoas, 67% da população.

Prova disso são as porcentagens que indicam o número de minutos que os usuários conectados aos seus celulares gastam. No topo desta lista está a Indonésia com 90%, seguida pela Índia com 86%, México com 75% e Brasil e Argentina ambos com 73%.

Um dos fatos mais significativos é que vários países dominam a média de minutos no tempo gasto em telefones celulares devido à experiência personalizada e, acima de tudo, à funcionalidade dos aplicativos móveis.

Quanto à liderança dentro desses, as redes sociais ainda são as mais baixadas, seguidas pelo Instagram, YouTube ou Facebook. Eles também se destacam entre os “aplicativos escolhidos” Uber, Netflix, Snapchat, Pandora, Ebay, Instagram, Apple Store, Twitter e Google Play Store.

Com tudo isso em mente, o que acontecerá a seguir? O mundo mobile e os aplicativos continuarão a crescer indefinidamente? Haverá novas mudanças? Continuaremos conectados cada vez mais ou a chegada de novas tecnologias nos transformará cada vez mais rapidamente em direção a novos comportamentos com relação à tecnologia móvel? Vamos ver quais serão as próximas Tendências de aplicativos, ASO e Mobile que envolverão nossas vidas em um futuro próximo.


Tendências Mobile 2020

Os dispositivos móveis tornaram-se indispensáveis para grande parte da população mundial, e é por isso que estamos à beira de novos avanços na economia de aplicativos.

Cresce o investimento em Mobile

Os gastos dos consumidores nas lojas de aplicativos cresceram 5 vezes mais que a economia global em 2019. O mundo Mobile continuará a assumir o controle dos consumidores e a alimentar as prioridades corporativas para impulsionar o crescimento digital.

As operadoras há muito buscam um fluxo de receita além da conectividade para compensar a saturação de assinantes e as pressões competitivas dos preços. Agora, as estratégias incluem Internet das Coisas (IoT), TV paga, publicidade e tecnologia financeira.

Um dos objetivos das empresas de telecomunicações será promover a digitalização e expandi-la nos negócios. À medida que 2020 se aproxima, ainda há uma importante vantagem a ser aproveitada, principalmente no espaço de negócios, já que a digitalização continua em bom ritmo. Além dos custos associados ao investimento em infraestrutura, o maior desafio será projetar uma mudança cultural interna que recompense operações ágeis e riscos, em vez de simplesmente atingir KPIs trimestrais.

Smartphones continuam a crescer

Essa tendência não será tão visível em 2020 quanto nos próximos 5 anos. De acordo com dados fornecidos pela GSMA, a penetração dos smartphones até 2025 chegará a 80% em todo o mundo, impulsionada pela Índia, Indonésia, Paquistão e México.

Por outro lado, os consumidores adotam novos comportamentos por meio do smartphone Novas pessoas, novos comportamentos, diferentes dinâmicas. O fato de 70% dos smartphones trabalharem com LTE fala da influência de uma geração iminente de Internet móvel nos mercados jovens que não falam inglês.

Plataformas focadas em IA e Realidade Imersiva

À medida que novas categorias de dispositivos (alto-falantes inteligentes ou fones de ouvido VR) tentam encontrar um lugar nas residências, novas plataformas interessadas nesta tecnologia aparecerão, o novo campo de batalha será o desenvolvimento da IA e da realidade imersiva.

Em VR, por exemplo, Oculus (Facebook), Sony, Google e Samsung estão envolvidos. A Microsoft está de fora porque sua ambição não está no hardware, mas na realidade mista, o que tornaria a realidade virtual obsoleta.

Entrada na era 5G

A rede 5G teve um início gradual até agora, mas 2020 pode marcar um antes e um depois em seu desenvolvimento. O motivo pode ser resumido em duas palavras: iPhone 5G. A Apple deve planejar seu primeiro modelo de iPhone com capacidade de 5G até o outono de 2020.

Embora os fornecedores de telefones inteligentes como a Samsung já tenham lançado modelos com capacidade 5G, é provável que a empresa e os outros principais fornecedores de telefones entrem em contato com o jogo 5G à medida que as implantações de operadoras se generalizarem em 2020.

As práticas de ASO serão mantidas

Em termos de ASO, embora as melhores práticas não têm mudado muito ao longo dos anos. Em 2019, os Search Ads foram expandidos, abrindo um serviço um amplo espectro de idiomas. Essa ferramenta permitiu aos desenvolvedores segmentar melhor as palavras-chave relevantes e definir lances para uma posição no topo dos resultados de pesquisa, ou seja, anúncios na App Store, sempre levando em consideração, dando tempo às campanhas, testando criativos e otimizando KPIs com base no desempenho das palavras-chave.

Além disso, o Google criou ferramentas, mais especificamente de App Marketing do que de ASO, que estão tendo sucesso, como os anúncios reproduzíveis e os aplicativos instantâneos, que permitem aos usuários testar os aplicativos antes de instalá-los, melhorando significativamente as conversões.

Sem dúvida, o setor de telefonia móvel está em constante crescimento, no entanto, a demanda por profissionais do setor excede potenciais candidatos, como analistas de métricas, programadores ou especialistas em usabilidade.

Deseja saber mais sobre mobile e como usá-lo para criar suas estratégias de marketing? Recomendamos o Master em Marketing Digital e Web Analytics, onde você aprenderá as ferramentas necessárias para propor uma estratégia de marketing “Omnichannel”.

Master em Marketing Digital e Web Analytics

Aprenda a aproveitar ao máximo o universo mobile em estratégias de marketing

Tenho interesse!

Compartilhe e comente este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG