SEO/SEM

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do SEO/SEM

SEO/SEM

01 ago 2018
Seja o primeiro em comentar

Como fazer um (bom) estudo de palavras-chave com o keyword research

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (ainda sem avaliações)
Loading...

Acaba de abrir uma página web, tem um blog ou quer abrir um e-commerce?  Não é nada de novo, correto? Ainda que seja um principiante no mundo da web 2.0, onde as palavras-chave têm um papel muito importante em todo o material a indexar aquilo de que o Google necessita. Quando já tenha aprendido a abrir a sua página, terá que gerir bem o seu conteúdo e fazer um estudo de palavras-chave. Assim sendo, neste post ensinamos como deve fazê-lo…

Índice de conteúdos:

  • Qual a importância do estudo das palavras-chave?
  • Para que se utiliza um Keyword Research?
  • Teoria do long tail
  • Primeiras palavras-chave
  • O segundo passo é otimizar
  • Eleição das palavras-chave

Como fazer um estudo de palavras-chave com o keyword research

A pesquisa de palavras-chave é uma das atividades mais valiosas e de maior rentabilidade na área do marketing. Ao investigar a procura de palavras-chave de mercado, não basta saber quais os términos e frases para começar a fazer o bom estudo de keywords que qualquer estratégia de SEO requer. É igualmente importante obter mais informação dos clientes, nomeadamente como se comportam e como procuram os produtos e serviços na web.

Nem sempre se trata apenas de conseguir visitas ao website, mas sim de obter o perfil correto dos potenciais clientes. Com a investigação de palavras-chave podem prever-se possíveis mudanças na procura, responder às condições do mercado e criar produtos, serviços e conteúdo que se escrevam habitualmente nos motores de busca da web. Antes de escolher as palavras-chave com as quais se quer posicionar, deve fazer-se várias perguntas:

Quais são as minhas oportunidades de atingir o êxito?

Para que o estudo de palavras-chave não seja apenas uma tentativa falhada, é importante conhecer as tendências das keywords, ou seja; vale a pena utilizar uma keyword com muita procura, mas impossível de posicionar? A dificuldade de posicionar deve-se a vários motivos: necessitará de muito tempo para que o Google lhe permita estar no top dos posicionados e segundo, empregar uma keyword muito utilizada não significa que o seu tráfico gere obrigatoriamente muitas conversões.

Será que a minha audiência / consumidores encontram o que procuram na minha página?

Queremos chegar a este ponto depois de analisar a competência das palavras-chave. Pode até ter toda a audiência do mundo, mas não gerar as conversões que deseja. A audiência que quer produtos específicos poderá encontrar a sua página se souber como utilizar a estratégia long tail – que lhe explicaremos mais à frente- para que se aproxime do nicho de mercado que mais lhe interessa.

E vão comprar na minha página web?

É igualmente importante averiguar se as palavras-chave que está a utilizar são as adequadas e se estão a gerar as compras que deseja. Podem ser keywords menos específicas mas que necessitem de ser trabalhadas posteriormente, dentro do mesmo campo semântico.

O estudo das palavras-chave baseia-se em:

– Na sua página web (a autoridade, o número de páginas, o conteúdo)

– Os seus objetivos (o tráfego, branding, vendas e os leads)

– O seu orçamento

– A procura e a concorrência

Nenhuma estratégia SEO pode atingir o êxito se não se efetua um bom estudo de palavras-chave. Analisar as palavras, conhecer novos nichos de mercado e gerar tráfego qualificado são alguns dos principais objetivos pelos quais se realizam estes estudos. Qualquer falha pode custar à web perdas económicas ou de visibilidade, por isso a figura do SEO é fundamental em qualquer departamento de Marketing.

Qual a importância do estudo das palavras-chave?

  • Ajuda a localizar novas oportunidades de negócio
  • Evita altas taxas de rebound
  • Evita perdas económicas
  • Ajuda a não trabalhar com CPC (Custo por Click) exageradamente altos
  • Permite entender melhor de que forma trabalha a concorrência
  • Ajuda a captar tráfego qualificado
  • Principalmente, a gerar conversões

Em que se utiliza um Keyword Research

  • Para campanhas de Google Adwords
  • Para o posicionamento SEO
  • Para detetar novas oportunidades

Teoria de long tail

Para entender esta teoria de Chris Anderson, há que partir do ponto em que é necessário conhecer o grande volume de pesquisas realizadas diariamente na internet. Por esta razão, os negócios necessitam  de conhecer bem aquilo que pode estar relacionado com os seus produtos e serviços, utilizando palavras genéricas ou satisfazendo procuras mais específicas de outros nichos de mercado.

Esta é a oportunidade que nos oferece o mundo online, ao mesmo tempo que lança um novo desafio para os negócios que trabalham com estratégias digitais. A fim de entender a teoria de long tail, há que conhecer cada uma das partes.

Head Tail

As palavras que fazem parte deste grupo são as mais genéricas, as que têm mais visitas mas uma maior dificuldade de posicionamento, devido à concorrência e ao seu público de massas.

Middle Tail

É a parte que representa as palavras-chave que têm menos concorrência que as do head tail, tendo, no entanto, mais que as que pertencem ao gruo de long tail. Utiliza termos com menos pesquisas mensais, um público maios específico e uma maior probabilidade de conversão do que as do grupo anterior.

Long tail

Neste grupo estão incluídas as palavras-chave muito mais específicas, com um nível de pesquisas bastante inferior mas com menos concorrência, permitindo que o negócio ganhe visibilidade e tenha mais probabilidade de gerar conversões.

Palavras-Chave positivas

Dominar os dois termos que lhe explicámos ajudará a realizar o estudo através do planificador de palvras-chave do Adowrds que veremos mais à frente.

As palavras-chave positivas são as que produzem tráfego qualificado (a qualificação depende da probabilidade que o usuário tem de encontrar determinada página online segundo a keyword utilizada) e também ajudam a melhorar o posicionamento. Por exemplo, se uma página web vende sapatilhas vintage, as palavras-chave positivas são as que levam os usuários que procuram por um produto com essas características e não, por exemplo, sapatilhas desportivas.

Palavras-chave negativas

As palavras-chave negativas não favorecem o SEO de uma página, uma vez que aumentam a taxa de rebound e atrai usuários não qualificados. Como já mencionamos no exemplo anterior, uma keyword negativa para um negócio que quer posicionar sapatos vintage, seria “sapatos desportivos”. Nestes casos, o Google Adwords ajuda a realizar o estudo de palavras-chave e fornece uma lista de keywords negativas para que as exclua da sua estratégia.

Primeiras palavras-chave

O primeiro que um profissional SEO faz para elaborar a lista das das keywords é identificar aquilo que oferece o seu negócio online, como se quer dar a conhecer e a quem quer chegar. Para começar, é necessário utilizar as keywords mais genéricas que definam o conteúdo da página web e com as quais se poderá perfilar o nicho de mercado e identificar os concorrentes. Se já possui um produto ou negócio definido, conhecer as palavras-chave iniciais é tão fácil como descrever esse produto com as suas próprias palavras ou gerar uma chuva de ideias sobre como outras pessoas possam pesquisá-lo. É importante pensar como usuário e que se ponha na mente de todas as pessoas relacionadas com a empresa, falar com elas e obter um primeiro esboço daquilo que será a keyword research. Assim, também poderá averiguar as palavras-chave negativas.

Por vezes é necessário ter um ponto de vista que possa diferenciar-se do resto, a fim de evitar estar sempre numa luta constante de competir com milhares de palavras-chave iguais. Para encontrar as suas primeiras palavras-chave, recomendamos estas ferramentas:

Google

O próprio motor de busca do Google pode oferecer-lhe sugestões somente escrevendo as palavras-chave genéricas que definem o seu negócio  ou as mais específicas. Um truque para conseguir mais keywords é escrever um asterisco ou underscore antes ou depois de cada palavra ou frase.

Übbersugest

Oferece-lhe uma lista de sugestões relacionadas com a sua keyword por ordem alfabética.

Keyword Finder

Com esta ferramenta poderá ver em “suggestions” as opções que tem , escolhendo o idioma e a zona geográfica que lhe interessa. A informação que oferece é muito visual; através de gráficos sobre CPC, volume de pesquisas mensais e sobre a concorrência em PPC. Na sua versão gratuita é possível procurar 5 palavras num período de 24 horas.

Answer the Public

Com esta ferramenta poderá ver os resultados organizados de forma visual, as palavras-chave relacionadas com as 5W, ver listas de keywords sugeridas por ordem alfabética. Tudo isto através de ima imagem.

O segundo passo é otimizar

Depois de criar uma chuva de ideias e obter a primeira lista de palavras-chave, há que otimizar o processo para chegar à audiência desejada. Que ferramentas utilizar?

Google Analytics

Com esta ferramenta do Google, a tarefa de visualizar os dados trona-se muito mais fácil. É possível visualizar dados relacionados com o comportamento do cliente e averiguar se a página web está a trazer os resultados esperados (o que ajuda a redefenir estratégias se necessário). No Google Analytics pode ver as palavras-chave orgânicas e as de pagamento a fim de ver a lista de keywords utilizadas pelos usuários e também obter informação sobre as sessões, a percentagem de rebound, páginas ou a duração média da sessão.

Google Search Console

Com o Google Search Console poderá conseguir dados sobre as pesquisas que fizeram com que uma página web apareça nos SERPs (os resultados de pesquisa). Para consultrar a informação, deverá utilizar a barra da esquerda, o painel do site. Elija “tráfico de pesquisa” e de seguida “análise de pesquisa”, onde poderá ver a informação sobre consultas, páginas, países, dispositivos, tipos de pesquisa e adata para realizar a análise.

Com a informação que proporciona esta ferramenta, poderá conseguir tirar conclusões necessárias para saber se vale a pena continuar a utilizar umas ou outras keywords e, seguramente, localizar novas pesquisas que poderá incluir na sua lista de palavras-chave.

Meta SEO Inspector

É uma ferramenta perfeita para a otimização Onpage. É uma extensão do Google Chrome que contribui com informação relevante sobre a página web na que trabalha. Para utilizar esta ferramenta, uma vez aberta a página web sobre a qual está a trabalhar, deve clicar no ícone da extensão no Google Chrome.

Es una herramienta perfecta para la optimización Onpage. Es una extensión de Google Chrome que aporta información relevante sobre la página web en la que trabaja. Para utilizar esta herramienta, hay que hacer click en el icono de la extensión en Google Chrome  una vez abierta la página web sobre la que se va a trabajar.

Planificador de palavras-chave de Adwords

Para obter uma lista completa de pesquisas qualificadas, esta ferramenta é perfeita já que não serve apenas para obter ideias mas também para conhecer os dados das suas keywords. Ainda que se trate de uma ferramente feita para campanhas em Adwords, os seus dados também servem para gerar bons planificadores de palavras-chave.

Esta ferramente é perfeita depois de gerar as suas primeiras listas,  ideias de palavras e análise da sua concorrência. Com o planificador de palavras-chave do Adwords, pode obter novas palavras-chave nuvas keywords a partir das que já tem, descarregar toda a informação num excel para posteriormente poder trabalhar nela.

Escolha das palavras-chave

O último passo é escolher as keywords que se vão utilizar. Para isso, é importante que trabalhe com as tendências, bem como a dificuldade das keywords e que conheça os indicadores de rendimento.

Para as tendências, recomendamos-lhe o Google Trends, onde poderá ver num gráfico a popularidade de cada keyword, informação geográfica e compará-la com outras. Além disso, pode conhecer as palavras-chave por dados globais ou por países. Por outro lado, para conhecer a dificuldade das palavras-chave , poderá utilizar a ferramenta SEM Rush.

Para escolher as palavras-chave que mais interessem para o seu negócio, os resultados devem reger-se pelos restantes valores, com os que haverá que fazer uma comparação e localizar quais são os mais altos e os mais baixos. Isto também pode ajudar a encontrar novos nichos e oportunidades.

Gostaria de realizar as melhores estratégias SEO? Se quer aprender a aumentar a visibilidade do seu negócio e a controlar o posicionamento nos motores de busca, não perca o MBA em Marketing e Digital Business da IEBSchool.

Artigos Relacionados:

MBA em Marketing e Digital Business

Com esse programa você será capaz de gerenciar uma empresa digital ou direcionar sua empresa ao mundo digital

Quero saber mais!

Compartilhe e comente este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG