Marketing

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing

Marketing

25 ago 2017
9 comentarios

O que é Indexação semântica latente e como usá-la em sua estratégia de posicionamento SEO

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (ainda sem avaliações)
Loading...

Você já ouviu falar de Indexação Semântica Latente? Podemos definir a Indexação Semântica Latente o Latent Semantic Indexing (L.S.I.) como o processo de análise utilizado pelo Google para estabelecer relações semânticas dentro de um web site com a finalidade de determinar a sua posição nos rankings de busca para determinadas palavras-chave.

Artigos relacionados:

Se formos capazes de analisar este mecanismo poderemos incorporar uma série de melhorias na otimização dos fatores internos da nossa estratégia de posicionamento SEO (especialmente na redação do nosso conteúdo) e na nossa estratégia de Link Building. Portanto, neste artigo, vamos ver o que é Indexação Semântica Latente e como podemos usá-la para melhorar o posicionamento do nosso site.

O que é Indexação Semântica Latente?

Ampliando o que vimos anteriormente podemos definir Indexação Semântica Latente como o processo pelo qual o Google analisa o nosso website para poder estabelecer relações semânticas dentro do nosso conteúdo. Em outras palavras: Google, além de considerar as palavras-chaves para o qual posicionamos um determinado conteúdo também leva em conta os termos semanticamente próximos a keyword que escolhemos. Por exemplo, se escrevemos um artigo sobre “serpente” é muito provável que ao longo do post aparecem termos como “cobras” ou “víboras”. Estes termos reforçarão a idéia que tem o Google de que nosso artigo fala sobre serpentes.

Com certeza quando você leu os termos Indexação Semântica Latente pensou que era algo complicado, mas no final das contas é bem mais simples do que parece.

O que o Google considera como termos semanticamente relacionados?

Agora que sabemos o que é Indexação semântica latente podemos preparar uma lista dos aspectos que o Google considera como termos semanticamente relacionados. No exemplo anterior das “serpentes” provavelmente você teve uma pequena idéia de como funciona.

    • Variações de Singular e Plural: serpente e serpentes.
    • Masculino e Feminino: Neste exemplo não seria válido, mas imagine que queremos posicionar a palavra “advogado” … E se usamos também a palavra advogada?
    • Sinônimos: cobra, víbora etc.
  • Substantivos, verbos, adjetivos e variações lingüísticas em geral: tamanho, espécies etc.

Como você pode ver com apenas uma rápida revisão podemos ver muitos termos relacionados. No entanto, em seguida, veremos um conjunto de ferramentas que serão úteis para extrair termos relacionados.

Ferramentas para extrair termos relacionados

Se quisermos tirar proveito de Indexação semântica latente para otimizar nosso posicionamento SEO no Google as melhores ferramentas são as disponibilizadas pelo próprio Google.

A ferramenta de palavra-chave do Google não só nos ajuda a analisar o nível de pesquisas para uma determinada palavra-chave. A opção “Idéias de palavras-chave” nos dará uma série de sugestões que podemos usar.

O comando de busca semântica ~ (pressione Alt + 4 e, em seguida, a tecla de espaço) irá sugerir diferentes variações (sinônimos, plurais, conjugações etc) para uma pesquisa determinada. Por exemplo, se você escrever  ~turismo no Google você vai encontrar o seguinte:

Busqueta turismo

Preste atenção nas palavras em negrito. Já nas duas primeiras pesquisas indicou um termo relacionado: turistas.

Você também pode usar as pesquisas relacionadas do Google para descobrir termos semanticamente relacionados. Por exemplo, se você procura por “SEO” Google irá sugerir as seguintes relações.

Buscas relacionadas com SEO

Se você quer tirar proveito da Indexação Semântica Latente em seu benefício os dicionários de sinônimos podem ser muito úteis. Por exemplo, Word Reference oferece um enorme volume de sugestões para cada palavra.

Como implementar a Indexação Semântica Latente na minha estratégia de SEO?

Neste ponto, vamos ver como incorporar Indexação Semântica Latente em nossa estratégia de SEO. As vantagens? Podemos listar facilmente:

    • Maior riqueza de conteúdo.
    • Reforçar o termo principal que desejamos posicionar.
    • Posicionamento de vários termos relacionados, não apenas um termo.
  • Definitivamente, maior qualidade de conteúdo.

Finalmente veremos os passos que devemos seguir para tirar proveito de Indexação Semântica Latente:

Como você sabe um conteúdo otimizado em SEO deve conter uma densidade de palavra-chave compreendida entre 2% e 5%. Agora que você já sabe o que é Indexação Semântica Latente, deve considerar que para otimizar uma determinada palavra-chave não deve apenas buscar o termo específico, mas sim buscar todos os termos relacionados. Por exemplo, se escrevemos um guia sobre posicionamento web podemos usar os termos relacionados “posicionamento SEO”, “otimização SEO” e “Search Engine Optimization”.

O comprimento da etiqueta title é muito curta para incluir termos relacionados, mas não é mesmo com a meta description. O comprimento ótimo da etiqueta pode atingir 160 caracteres. Este comprimento é suficiente para tirar proveito de Indexação Semântica Latente. Por exemplo, se eu quero escrever um guia sobre posicionamento web posso colocar “Guia de Posicionamento Web: Dicas e Truques para otimizar o Posicionamento SEO da sua página Web”.

Nós também podemos incluir termos relacionados nas etiquetas H1, H2, H3, etc. Estas etiquetas (também conhecidas como headers tags) fornecem informação ao Google sobre o conteúdo da sua página. Nós não precisamos incluir sempre a nossa palavra-chave, podemos incluir os termos relacionados.

A tag Alt (ou texto descritivo) de uma imagem fornece informações ao Google sobre o conteúdo da imagem. Também podem incluir termos relacionados nesta etiqueta.

E, finalmente, podemos tirar proveito de Indexação Semântica Latente na construção de links. Em uma estratégia ótima de Link Building é necessário que contenha uma variedade mínima nos textos dos links. Então… Por que não usamos além da keyword principal todos esses termos relacionados?

Definitivamente, podemos tirar proveito da Indexação Semântica Latente nas estratégias de posicionamento SEO e, especialmente, na elaboração de conteúdo. Gostaria de saber como criar conteúdo otimizado em SEO? Na Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media da IEBS ensinamos como fazê-lo … Informe-se!

Quer ajudar a divulgar este artigo? Comente e Compartilhe este post!

Pós-graduação em Marketing Digital e Social Media

Aprenda com os melhores profissionais

Quero saber mais!

Compartilhe e comente este post!

9 thoughts on “O que é Indexação semântica latente e como usá-la em sua estratégia de posicionamento SEO”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG