Marketing Digital

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing Digital

Marketing Digital

26 fev 2021
2 comentarios

O que é e como fazer um estudo de mercado?

1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas (Média: 5,00 de 5)
Loading...

Um estudo de mercado permite conhecer as principais características chave do público e da concorrência antes do lançamento de um serviço ou produto.

Também pode lhe interessar: MBA em Marketing Digital

Devemos primeiro rever as características do setor em que queremos entrar, tanto antes de começar a investir no desenvolvimento de produtos quanto em campanhas ou estratégias publicitárias.

Sem informação, sem dados ou sem um estudo que nos permita conhecer as possibilidades que temos, estaremos arriscando muito, sem podermos compreender as reais necessidades das pessoas e sem conhecer as possibilidades de sucesso.

De forma aproximada, do total de produtos que vão ao mercado apenas 20% deles se posicionam. 

Seja pela necessidade do nosso próprio produto ou não, vamos desenvolver e ver neste artigo uma introdução sobre o que é um estudo de mercado. Do seu conceito aos benefícios que obteremos e seus custos.

O que isso realmente significa?

Se falarmos em termos econômicos e de acordo com algumas fontes, podemos dizer que “os estudos de mercado determinam a viabilidade de qualquer atividade econômica”.

estudo de mercado é o início e os fundamentos anteriores de qualquer estratégia de marketing. Vamos analisar todos os dados para definir, entre outros:

  • Posição no mercado do produto ou serviço;
  • Características mais salientes de oferta e demanda;
  • Segmentação de público;
  • Análise de preço;
  • Possíveis canais de distribuição e marketing.

Para que serve?

O objetivo principal do estudo de mercado é validar a rentabilidade econômica. Demonstrar a viabilidade de uma atividade irá maximizar os lucros desde o início e até atrair investimentos. 

Outro dos objetivos relevantes deste estudo é antecipar a possível resposta dos clientes e da concorrência.

Diferenças com o conceito de pesquisa de mercado

Este ponto é uma constante quando nos perguntamos o que devo fazer? Geralmente, há confusão entre estudo e pesquisa de mercado. As duas estratégias são diferentes, principalmente por causa do estágio em que cada uma delas deve ser utilizada. O estudo de mercado é feito ANTES e a pesquisa de mercado DEPOIS. 

estudo de mercado como iniciativa de marketing, coleta e analisa informações de clientes, fornecedores e concorrentes. É uma estratégia realizada anteriormente, com o objetivo de verificar a viabilidade do empreendimento e formular (posteriormente) um plano de negócios.

No caso de uma pesquisa de mercado, é um método para obter a interpretação de dados comerciais. Ou seja, é feito após o lançamento de um produto ou serviço (e com alguma maturidade para poder ter dados consistentes). 

Assim, serão feitas as previsões e decisões necessárias para melhorar o processo. Podem ser usados ​​como recursos: pesquisas, entrevistas e estudos da concorrência para reunir as informações.  

Passos para realizar um estudo de mercado

Entre as necessidades que o estudo deve cobrir, encontramos:

  • Barreiras ou dificuldades de entrada no mercado;
  • O nível de competição em cada território;
  • O objetivo do produto / serviço no mercado;
  • As necessidades do objetivo dentro do mercado;
  • Os regulamentos especiais em cada país;
  • A segmentação.

Portanto, queríamos expandir essas necessidades que o estudo de mercado deve cobrir por meio das etapas a seguir.

Definir pesquisas

É conveniente dedicar o tempo necessário para formular bem as perguntas e os detalhes sobre os quais queremos saber a resposta.

Deve ser selecionada a metodologia ou pesquisa mais precisa que nos permita investigar e obter as informações que procuramos. Lembremos que, com base nesses resultados, as conclusões e a tomada de decisões podem ser seriamente afetadas. Com as pesquisas podemos saber: 

  • Se o produto ou serviço é realmente bom;
  • O mercado potencial;
  • Os preços que o público está disposto a pagar;
  • Funcionalidades extras ou características a serem avaliadas. 

Realizar segmentação do público-alvo

O estudo de mercado, como resultado, permitirá que você tenha uma orientação ao direcionar, por exemplo, campanhas de marketing sobre o público total. Você pode conhecer as informações mais específicas possíveis, o que permite segmentar o público. Também pode ser estudado como a metodologia de construção do buyer persona. Assim, será capaz de direcioná-lo ao objetivo por meio de:

  • Geografia
  • Demografia
  • Segmentação social
  • O comportamento ou momento

Pesquisa de concorrentes

Outro destaque de um estudo de mercado é conhecer detalhadamente a concorrência. Você pode aprender muito com seus sucessos e erros. Se estão onde estão, é porque seguiram alguns passos.

A primeira coisa é saber o que outras empresas ou profissionais oferecem produtos ou serviços semelhantes. Queremos analisar a partir deles: 

  • Seus processos de trabalho;
  • Observar seus pontos fortes e fracos;
  • Seu atendimento ao cliente (podemos até fingir que somos um);
  • Benefícios ou vantagens do seu produto / serviço;
  • Analisar as chaves que o levaram a estar onde está. 

Ao analisar bem os resultados, seremos capazes de determinar o que não funciona ou o que funciona. 

Verificar as regulações existentes no mercado

Todo projeto deve ter aconselhamento jurídico adequado e deve ser enquadrado na legislação e regulamentos da área geográfica que pretende cobrir.

O desconhecimento da lei não o isenta dela, portanto, se você não tiver certeza, nesta etapa é melhor consultar um profissional ou escritório. 

Técnicas para coletar e processar todas as informações

É conveniente selecionar as técnicas de estudo apropriadas para os dados. Em princípio, podem ser de dois tipos: qualitativos e quantitativos.

Se você precisa de técnicas qualitativas, é porque precisa conhecer as qualidades, opiniões ou atitudes dos consumidores em relação ao seu produto. Ou seja, são julgamentos de valor, não quantificáveis. Por exemplo, quais seriam as conclusões por meio de discussão ou entrevista (pessoal ou em grupo).

No caso de técnicas quantitativas, dados mensuráveis ​​devem ser submetidos a estudo estatístico. Podem ser formulários ou questionários desenhados especificamente para solicitar uma avaliação em forma de escala, e assim transformar uma opinião qualitativa em um número que nos permite processá-la de forma massiva e automatizada.

Analisar todas as informações obtidas

Depois de escolher a técnica de estudo ideal, é hora de colocá-la em prática. Para isso, a cobrança pode ser feita por meio da internet, órgãos governamentais, consumidores potenciais ou concorrência. Uma vez obtido, é necessário organizá-lo para processá-lo de forma coerente e assim tirar conclusões.

Relatório final e inclusão do estudo no plano de negócios

Qual é a estrutura de um estudo de mercado? Dependendo dos objetivos definidos, a estrutura pode ser algo assim: 

  • Em um primeiro ponto, apresentar as necessidades para realizar o estudo;
  • Expôr as várias fontes de informação, necessárias para completá-lo;
  • Explicar como os dados coletados foram processados;
  • Processar os dados e emitir um relatório final.

Assim que o estudo for concluído, seus resultados podem fornecer orientações sobre:

  • Setores de mercado para fazer o investimento
  • Falhas de mercado
  • Oportunidades de negócio
  • A operação dos negócios da concorrência

Além disso:

  • Conhecerá melhor o target ou público-alvo
  • Saberá em primeira mão a opinião de consumidores em potencial
  • Poderá descartar aspectos de risco no produto / serviço

Poderíamos até posicionar o produto / serviço de cada concorrente no que é conhecido como Matriz BCG (ou Matriz de Crescimento).

Quanto custa?

Obter um custo aproximado pode ser muito impreciso. Cada estudo de mercado requer diferentes objetivos e técnicas específicas para obter dados.

Se, por exemplo, fazemos ligações ou 300 questionários de rua, tudo isso implica um custo de execução além do planejamento, da análise de dados.

Embora seja verdade que podemos usar técnicas como formulários online e e-mail marketing para bases de clientes ou partes interessadas, que permitem que uma pesquisa seja realizada de forma relativamente barata, normalmente quanto mais dados queremos ter e de melhor qualidade, mais investimento ao coletá-los teremos que fazer.

Gostou deste artigo? Se você quer aprender sobre gestão e estratégia digital, conheça o MBA em Marketing Digital onde aprenderá sobre marketing estratégico e de produto, relacionamento e marketing de clientes até as mais modernas metodologias de Marketing Digital, SEO, SEM e Redes Sociais.

MBA em Marketing Digital

Aprenda sobre estratégia e gestão digital para lançar produtos com maiores chances de sucesso.

Quero conhecer!

Compartilhe e comente este post!

2 thoughts on “O que é e como fazer um estudo de mercado?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG