Marketing Digital

Tendências, novidades, notícias e dicas do mundo do Marketing Digital

Marketing Digital

07 fev 2019
Seja o primeiro em comentar

O que é um Plano de Social Media e como se faz, passo a passo?

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

As redes sociais converteram-se numa ferramenta essencial para as pessoas e, por conseguinte, para as empresas que, por um lado, detectaram a necessidade de reforçar os laços com os seus clientes e, por outro, de ir em busca dos seus potenciais clientes num dos lugares onde passam a maior do seu tempo. Falando em dados, segundo os Dados Da Internet No Brasil 2018 62% dos internautas brasileiros utilizam as RRSS (cerca de 130 milhões de usuários).

Avaliando este cenário, parece impossível que, no dia de hoje, uma marca não tenha presença nas redes sociais. E aqui é onde entra o Plano de Social Media Marketing, um documento que serve para elaborar, desenvolver e entender uma estratégia nas RRSS. Basicamente, é uma folha com um guia que nos vai permitir definir as estratégias e ações necessárias para conseguir os nossos objetivos empresariais.

E quem são os profissionais encarregados de elaborar este plano? O Community Manager e o Social Media Manager. Duas figuras essenciais, encarregadas de desenhar e gerir as estratégias nas redes sociais apoiadas pelo Plano de Social Media Marketing.

O seu Plano de Social MEdia não está a trazer os resultados que esperava? Detectou a necessidade de estar nas redes sociais e quer criar um plano desde o zero? Seja qual seja a sua situação, se o que quer é triunfar nas Redes Sociais e que isso se note nos resultados do seu negócio, continue a ler porque lhe vamos explicar o que é um Plano de Social Media Marketing e os passos-chave que deve seguir para criá-lo.

Artigos relacionados:

O que é um Plano de Social Media Marketing


As redes sociais transformaram a forma como as marcas se comunicam com os usuários, rompendo a barreira que as separava e colocando à sua disposição uma plataforma ideal para estabelecer uma conversa “de ti para ti”. Por este motivo, as marcas já não encaram as RRSS apenas como um canal de comunicação, mas sim como algo que lhes pode ajudar a vencer.

Para tal, é necessário um Plano de Social Media Marketing; tão importante como o Plano de Marketing Digital. O Plano de Social Media vai-nos ajudar não só a definir as estratégias e as ações necessárias para alcançar os nossos objetivo nas redes sociais, como também a controlar a gestão da equipa responsável pelas RRSS, através da elaboração de orçamentos, medição do retorno do investimento ou da incorporação de mecanismos de retroalimentação, entre outras coisas.

O Plano de Social Media Marketing tem outras vantagens importantes, como permitir alcançar um maior número de potenciais clientes com um orçamento inferir que o que se destina a métodos de marketing tradicionais.

Quando começarmos a ver como se realiza um Plano de Social Media Marketing, irá perceber que é composto por várias partes e que todas são importantes, já que dependem umas da outras; pelo que se torna fulcral explorar e trabalhar cada uma delas corretamente.

5 passos para criar um Plano de Social Media Marketing


Uma falha muito comum é a de imitar o que faz a concorrência, tendo como referência as suas estratégias. Cada organização tem os seus próprios objetivos, pelo que deve criar o seu próprio plano personalizado.

Antes de começar a elaborar o seu plano, deve ter em mente que estamos a falar de uma espécie de folha com uma rota que marcará o seu caminho, mas que se pode ir modificando à medida que o processo avança.

Vejamos os 5 passos-chave para criar um Plano de Social Media Marketing:

#1 Análise da situação

O primeiro a ser contemplado no nosso Plano de Social Media é uma análise da situação atual. Para tal, iremos estudar o ambiente interno e externo.

A nível interno

Aqui devemos analizar-nos a nós mesmos. As perguntas-chave a responder são:

  • Quem somos? Empresa B2B ou B2C
  • O que oferecemos? Produtos ou serviços
  • Estamos preparados? Temos recursos suficientes ou são limitados?
  • Como é a nossa reputação online? O que e quanto se diz de nós nas redes sociais.
  • O que temos vindo a fazer até agora e onde? Que campanhas

A nível externo

Neste ponto há que analisar a realidade do setor em que operamos a fim de entender aspetos como a situação da concorrência (o que fazemos, como o fazem e através de que meios); fatores demográficos, económicos, tecnológicos, políticos e socioculturais.

Com toda essa informação, será capaz de elaborar uma análise SWOT do seu negócio digital. Esta ferramenta de análise vai-lhe permitir traduzir de forma muuto visual as características internas e externas da sua empresa (Strengths (Pontos Fortes), Weaknesses (Pontos Fracos), Opportunities (Oportunidades), Threats (Ameaças).  

DAFO Plan de Social Media Marketing

#2 Método P.O.S.T

A empresa de investigação e consultora Forrester criou, em 2007, a metodologia POST (People, Objective, Strategy & Technology). Um método muito eficaz para quem está a começar a “rabiscar” as primeiras linhas da sua estratégia de Social Media.  

Vejamos de que elementos se compõe o método P.O.S.T.

Vamos a ver de qué elementos se compone el método P.O.S.T:

P=People (Pessoas)

Neste ponto, iremos analisar o target da nossa marca, processo fundamental antes de iniciar a estratégia nas redes. Deverá saber a quem se dirige e respetivas caraterísticas. O êxito so eu plano dependerá, sobretudo, da correta definição do seu target.

Uma ferramenta muito útil com a que vai poder criar uma correta segmentação da sua audiência mediante um “mapa de empatia” é, precisamente, o Emphaty Map Google.

O=Objectives (Objetivos)

Todas as ações que ponha em marcha nas sua RRSS devem estar fundamentadas em objetivos realistas e mensuráveis. Recomendamos que se faça uma pergunta clara, como: “Porque é que quero estar nas redes sociais e o que é que quero conseguir com isso?”.

Leve o tempo que necessitar para encontrar a resposta a esta pergunta, porque do seu objetivo dependerá a efetividade de todas as ações e atividades que vai desenvolver.

Alguns objetivos podem ser, por exemplo:

  • Melhorar a imagem da marca,
  • Reforçar a relação com os clientes,
  • Conseguir visitantes qualificados.
  • Posicionamento como especialista num setor específico.

S=Strategy (Estratégia)

Uma vez definidos os objetivos, chega o momento de desenhar a estratégia, isto é, o conjunto de ações que têm como fim desenvolver os objetivos previamente definidos. Desenvolver um plano de ação individual para cada uma das redes é importante, já que nem todas se criaram com o mesmo objetivo.

Para estabelecer a estratégia vamos criar um plano editorial, ou seja, definir em que redes sociais devemos estar presentes, com que frequência se vai publicar, que tipo de conteúdos se vão criar, que linguagem se vai utilizar, entre outros.

O plano editorial deve ser:

  • Ordenado
  • Metódico
  • Realista
  • Escalável

O plano editorial deve incluir qual a rede social que vai utilizar. Com a análise que já realizamos até ao momento já deverá estar preparado(a) para saber em que medida cada rede lhe vai servir para:

  • Construir uma comunidade
  • Fazer networking
  • Medir a influênica
  • Identificar audiências específicas
  • Encontrar sócios e investidores
  • Posicionar a marca
  • Procurar embaixadores para a sua marca

Depois de eleger as redes sociais, é momento de criar os conteúdos. Há que ter em conta que não se trata de repetir o mesmo em todas as contas. Deverá adaptar-se a cada formato e linguagem.

Uma forma simples de entender isto é através da “metáfora do donut”, que nos mostra as diferentes essencias de cada rede social:

Finalmente, elaborar um calendário de publicações irá ajudá-lo(a) a ter um controlo das publicações e a medir com mais facilidade os resultados das suas ações.

T=Technology (Tecnologia)

O avançar da tecnologia permite-nos ter cada vez mais ferramentas ao nosso alcance com as quais gerir a nossa estratégia nas RRSS.

Devemos investigar que ferramentas nos vão facilitar o trabalho nas redes, De seguida deixamos-lhe alguns exemplos:

Ferramentas para a curadoria de conteúdo:

Ferramentas para a criação de conteúdo:

Ferramentas para a publicação de conteúdo:

#3 Seleção de KPI’s, seguimento e medição

O Plano de Social Media carece de sentido se não contamos com as métricas para medir o seu resultado.

Para saber o alcance que as ações nas redes sociais estão a ter, devemos definir KPI’s para fazer as medições. Estes devem estabelecer-se em função dos nossos objetivos e estratégias.

Os KPI’s podem-se estabelecer em função das interações segundo o número de seguidores, o número de likes ou de clicks nas publicações ou o úmero de conversões provenientes das redes sociais.

Se há algo que caracteriza as RRSS é a ??- Tudo começa e acaba praticamente no mesmo momento. Por este motivo, não deve esperar até ao final para medir o impacto das sua ações mas sim fazer um seguimento constante.

Se elaborar um template de Quadro de Comandos poderá anotar os KPI’s e ter um historial de resultados para poder medir o grau de efetividade e a evolução da sua estratégia.

No caso de não estar a obter os resultados previstos, poderá detectar os erros com base em métricas realizadas e assim redefinir as suas ações.

#4 Plano de contingência

É provável que em algumas ocasiões as coisas não saiam como esperamos. Podemos encontrar uma crise de reputação empresarial que devemos estar preparados para gerir. Para saber como e quando atuar,é importante que no seu Plano de Social Media se contemple um plano de contingência. Toda a equipa que trabalhe com as redes sociais dever ter conhecimento dele.

Por exemplo, o facto de receber críticas negativas pode parecer algo mau, mas também pode ser uma oportunidade de negócio. Se trabalhar para que esse usuário que o critica se converta num usuário satisfeito, conseguirá um benefício para a empresa e melhorará a sua imagem de marca.

#5 ¡Mãos à obra!

Agora que a teoria está assimiliada, chega o momento da prática. Agarre em tudo aquilo que aprendeu e lance-se á apaixonante aventura das redes sociais com entusiasmo e bastante dedicação.

Quer aprender mais sobre o Plano de Social Media Marketing e as funções do Community Manager e de Social Media Manager? A IEBS oferece-lhe o Master em Marketing Digital e Social Media, com o qual aprenderºa as chaves de umas das profissões com mais demanda atualmente.

Master em Marketing Digital e Social Media

Melhore seu perfil profissional

¡Forme-se em marketing e aplique-o nas redes sociais!

Compartilhe e comente este post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Captcha loading...

IEBS NAS REDES

PRÓXIMOS EVENTOS

BUSCAR NO BLOG